Náutico fica no empate em 1x1 com Vitória

Thomas Anderson abriu o placar e Wallace Pernambucano, de pênalti, empatou o jogo na Arena

Timbu não conseguiu vencer segunda seguida no EstadualTimbu não conseguiu vencer segunda seguida no Estadual - Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

Pelo visto, favoritismo não cai bem ao Náutico. Diante do Vitória, a equipe mostrou dificuldades ao tentar propor o jogo e por pouco não saiu com uma derrota na Arena de Pernambuco - sem poder mandar o confronto no Carneirão, o Tricolor das Tabocas precisou utilizar a “casa” do adversário em São Lourenço da Mata. O empate em 1x1 pela quarta rodada do Campeonato Pernambucano 2018, mostrou que o Timbu, ainda líder, consegue melhores resultados como vidraça em vez de pedra.

Com relação ao time que jogou na rodada anterior, o técnico Roberto Fernandes fez apenas duas alterações, sacando Negretti e Medina para as entradas de Hygor e Clebinho. O esquema permaneceu o mesmo, com Wallace Pernambucano improvisando como centroavante. Nos primeiros minutos, o Náutico atuou de forma parecida com o Sport no Clássico dos Clássicos da última quarta. Tinha mais posse de bola, mas não transformou o volume de jogo em chances de gol.

O Vitória fez o papel do Timbu no derby passado: fechado e apostando em saídas rápidas. Assim como na história do clássico, o favorito foi surpreendido. Desta vez, para a tristeza dos alvirrubros. Breno e Camutanga se atrapalharam na marcação de Erverson e a bola sobrou para Thomas Anderson bater com categoria no canto direito. Jefferson apenas observou a rede balançar. Os visitantes provaram do próprio veneno usado diante do Leão.

Antes mesmo do intervalo, Roberto fez duas substituições. O meia Júnior Timbó e o centroavante Tharcysio entraram nas vagas dos pratas da casa Kevyn e William Gaúcho, respectivamente. A equipe passou a atuar com dois homens na frente e Clebinho ganhou companhia no setor de criação.

Com dificuldades na articulação das jogadas, o Náutico só conseguiu desencantar na bola parada. Camutanga sofreu falta dentro da área. Pênalti que Wallace Pernambucano converteu para fazer 1x1. A virada quase veio cinco minutos depois, em chute de Clebinho que tirou tinta da trave de Dida. O desgaste atingiu as duas equipes nos momentos finais da partida. O Timbu abusou de errar passes. Com muito espaço em campo, mas pouca objetividade, o time voltou a insistir nos cruzamentos na área. O Vitória tentou, sem sucesso, o triunfo nas bolas paradas. O empate puniu a pouca inspiração dos dois lados.

Ficha técnica

Vitória 1

Dida; Felipe Almeida, David, Fabinho e Jonas; Wires, Oliveira e Juninho; Erverson (Paulo Victor), Thomas Anderson (Carlinhos) e Geovane (Lelo). Técnico: Fernando Lins.

Náutico 1

Jefferson; Thiago Ennes, Breno, Camutanga e Kevyn (Tharcysio); Hygor (Luiz Henrique), Josa, William Gaúcho (Júnior Timbó), Clebinho e Gabriel Araújo; Wallace Pernambucano. Técnico: Roberto Fernandes

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Árbitro: Sebastião Rufino Ribeiro Filho. Assistentes: Cleberson Nascimento Leite e Ricardo Bezerra Chianca.
Gols: Thomas Anderson (aos 18 do 1ºT) e Wallace (aos 19 do 2ºT)
Cartões amarelos: Dida, Jonas (V); Gabriel Araújo, Camutanga (N)
Público: 1.592
Renda: RS 32.850,00

 

Veja também

Secretaria de Saúde cancela clássico catarinense por risco de contágio
Campeonato Catarinense

Secretaria de Saúde cancela clássico catarinense por risco de contágio

Liverpool cede empate ao Burnley; Norwich é primeiro rebaixado da Premier League
Futebol Internacional

Liverpool cede empate ao Burnley; Norwich é primeiro rebaixado da Premier League