Náutico lançará novo programa de sócios em novembro

Coletiva de anúncio oficial ocorrerá no próximo dia 19 e a meta é fazer um Náutico autossustentável, independente da renda dos jogos

Estádio dos AflitosEstádio dos Aflitos - Foto: Alfeu Tavares/Arquivo Folha

O Náutico pode até ter encerrado a temporada mais cedo, com a eliminação na Série C, no fim de agosto. Por outro lado, não se pode dizer que o clube está com as atividades paralisadas. Neste ano, ficou garantido o retorno aos Aflitos e as obras no Eládio de Barros Carvalho continuam sendo tocadas. Além disso, a agremiação alvirrubra lançará, no próximo mês de novembro, o seu novo programa de sócios. A modalidade agora oferecerá descontos em estabelecimentos parceiros e ainda acumulará pontos, em um sistema que proverá ao associado experiências exclusivas no remodelado estádio.

"A divulgação oficial, o lançamento do novo programa, vai acontecer no próximo dia 19 de novembro. Vai acontecer em paralelo aos preparativos do jogo de reinauguração dos Aflitos. A partida depende ainda da questão das exigências de funcionamento. A gente tinha uma ideia de realizá-la para a segunda quinzena de dezembro, mas ainda não temos confirmação nesse sentido", explicou o diretor de planejamento e gestão do Náutico, Luciano Leonidio, que já submeteu a proposta do novo programa de sócios ao Conselho Deliberativo. "Foi aprovada por unanimidade. Faltam só os últimos ajustes", diz Leonídio.

Leia também:
Náutico lidera bloco por mudanças na Série C
Náutico defende distribuição de cotas da Copa do Nordeste
Preteridos buscam segunda chance no Náutico em 2019
Com acordo em curso, Camutanga é prioridade no Náutico
Departamento de futebol do Náutico vai recarregar as turbinas

 

"O programa está centralizado em três pilares. O primeiro diz respeito ao acesso ao estádio. Dependendo da categoria de sócio, alguns têm um desconto para os jogos. Inclusive, há uma categoria que prevê entrada gratuita", adianta. "Além disso, tem a questão da rede credenciada. Nela, o sócio vai ter descontos em compras em farmácias, supermercados, postos de gasolina, padarias... E o outro é o clube de vantagens. Quando o sócio pagar a mensalidade, comprar numa rede credenciada, for ao jogo, ele vai somando pontos, que serão revertidos em vivências específicas no clube", explica, sem maiores detalhes.

De acordo com o diretor, o novo programa pretende tornar o Náutico saudável financeiramente, independente da renda dos jogos. "Foi feito um cálculo de trás para frente nesse programa. Ou seja, levantamos quanto é que o clube precisa para pagar a folha de funcionários, manter a sede funcionando, entre outras coisas. E a ideia é fazer o clube ser autossustentável, para que as próprias mensalidades dos sócios torne possível conseguir abrir e fechar as portas do clube. O programa de sócios não só vai atrair uma série de benefícios, como também deverá ser a mola propulsora de manutenção do dia a dia do clube", projeta.

Veja também

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C
Futebol

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz
Eleições

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz