Náutico não suporta pressão e perde por 1x0 para o Paysandu

Bergson, ex-alvirrubro, marcou o gol do triunfo dos paraenses

Timbu perdeu o 10° jogo na SegundonaTimbu perdeu o 10° jogo na Segundona - Foto: Arte/Folha de Pernambuco

Quem viu o jogo entre Paysandu e Náutico, nesta terça (18), no Mangueirão, sabe que, se o Timbu tivesse saído com o empate, seria lucro. Os pernambucanos, que só venceram uma partida em 15 disputadas, foram dominados por completo pelos mandantes e resistiram até os 36 minutos do segundo tempo. Mas a sorte não premiou os alvirrubros. Com gol de Bergson, ex-jogador do clube, o Timbu foi derrotado por 1x0, afundando-se ainda mais na última colocação da Série B 2017.

As dimensões do Mangueirão propiciaram um início de partida com muitos espaços vazios. Mas apenas um lado tirava proveito disso. O Paysandu tinha muita liberdade para atacar, principalmente nas costas de Manoel e Henrique Ávila. O Náutico parecia preso ao velho dilema do “cobertor curto”. Quando avançava demais, deixava desguarnecido seu setor de marcação. Até Tiago Cardoso precisou atuar como goleiro-linha para salvar o Timbu após duas falhas defensivas. Magno, em cabeçada, por pouco não tirou o zero do placar. Os pernambucanos só sabiam criar um tipo de jogada: lançamentos de Erick para Alison. Tática inofensiva.

Por pouco, a etapa final não começou com a vantagem dos mandantes. Aos 2, Bergson aproveitou cruzamento e marcou um gol de cabeçada. O bandeira anulou o lance. O que não passou longe de ser anulada foi a pressão dos paraenses.

Sem Giovanni e Diego, Erick era a única válvula de escape do time. Foi dele, em lance individual, a melhor chance alvirrubra. O chute saiu colocado, mas Marcus defendeu. Após tanta sufoco, o Náutico foi vencido. Aos 36, Marcão foi derrubado por Tiago Cardoso na área. Pênalti que Bergson converteu para fazer valer a famosa “lei do ex” e garantir os três pontos para os paraenses. Já o Alvirrubro acabou com a sequência de três partidas sem perder, aumentando a distância para os demais times da zona de rebaixamento.

Ficha do jogo

Paysandu 1

Marcus Milanezi; Ayrton, Fernando Lombardi, Gualberto e Peri; Renato Augusto, Jhonnatan (Rodrigo Andrade), Fabio Matos (Diego Oliveira); Magno (Ricardo Capanema), Marcão e Bergson. Técnico: Marquinhos Santos

Náutico 0

Tiago Cardoso; Suelinton, Breno, Feliphe Gabriel e Manoel(Iago); Darlan, Amaral, Henrique Ávila e Diego Miranda (Cal); Erick e Alison (Leílson). Técnico: Beto Campos

Local: Mangueirão (Belém/PA)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ). Assistentes: Joao Luiz Coelho de Albuquerque e Gabriel Conti Viana (ambos do RJ).
Gols: Bergson (aos 36 do 2°T)
Cartões amarelos: Peri, Marcão, Ricardo Capanema (P); Feliphe Gabriel, Breno, Alison (N) 

 

Veja também

“Não dá tempo para lamentar, não pode abaixar a cabeça”, diz Jair Ventura após derrota do Sport
Sport

“Não dá tempo para lamentar, não pode abaixar a cabeça”, diz Jair Ventura após derrota do Sport

Após nova intervenção decisiva do VAR, Sport perde no Rio para o Fluminense por 1 a 0
Sport

Após nova intervenção decisiva do VAR, Sport perde no Rio para o Fluminense por 1 a 0