Náutico perde por 2x0 para o Globo/RN, pela Série C

Mesmo com a derrota, o Timbu permanece na vice-liderança do Grupo A, com 24 pontos, enquanto o Globo está em oitavo, com 16

Náutico foi derrotado pelo GloboNáutico foi derrotado pelo Globo - Foto: Léo Lemos/Náutico

Sobrou disposição, mas faltou qualidade. Nesta segunda (5), no Barretão, um Náutico afobado e sem objetividade foi derrotado por 2x0 para o Globo/RN, em jogo válido pela 15ª rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro 2019. O resultado manteve a equipe pernambucana na vice-liderança da chave, com 24 pontos, enquanto os potiguares permanecem em oitavo, com 16. Restando três confrontos para o término da primeira fase, o Timbu ainda busca mais quatro pontos para chegar aos sonhados 28 que devem cravar a vaga alvirrubra nas quartas de final da competição.

A transição ofensiva em velocidade foi a arma do Náutico no início da partida, mas os visitantes acumularam erros no passe final. Tranquilidade que não faltou ao Globo. Os potiguares deram uma aula de contra-ataque logo na primeira chance que tiveram. De pé em pé, Negueba achou Jean Natal. O camisa 10 deu passe por cima da zaga alvirrubra e Max, frente a frente com Jefferson, estufou as redes para fazer 1x0. O camisa 9, inclusive, já passou pelo Timbu no passado. Em outras palavras, a lei do ex faz mais uma vítima.

Leia também:
Saiba onde e como assistir Globo/RN x Náutico
Thiago e Hereda são dúvidas para jogo contra o Globo


Sem Thiago, válvula de escape do ataque pelo lado direito, o Náutico sofreu com unilateralidade das jogadas pela esquerda. Foi por lá que o Timbu quase empatou, em cruzamento que Jean completou para fora. Demonstrando afobação, os visitantes não somente desperdiçavam contra-ataques como também davam muito espaço no meio-campo. Capitão alvirrubro, Josa era um dos mais irritados em campo por conta dos erros de marcação da equipe.

O tempo de descanso no intervalo, as orientações do técnico Gilmar Dal Pozzo e as entradas de Álvaro e Neto nas vagas de Jean Carlos e Jefferson Nem, respectivamente, não foram suficientes para mudar o cenário do jogo no início do segundo tempo. O Timbu seguia sem objetividade, errando muitos passes e sem criar uma finalização perigosa sequer.

Com Wallace Pernambucano na vaga de Camutanga, o Náutico foi para tudo ou nada. Em vez de ficar mais próximo de fazer o gol, o Timbu sofreu mais um. E o erro partiu justamente de Wallace. Aos 42, a bola bateu na mão do atacante e o árbitro marcou a penalidade. O artilheiro do Globo/RN, Negueba, cobrou com tranquilidade para fazer 2x0, assumindo o posto de goleador da competição, com oito tentos. O terceiro dele contra o Náutico na Série C – o atacante de 19 anos já havia marcado duas vezes contra os pernambucanos no primeiro tempo. Sem forças para reagir, o Alvirrubro saiu derrotado de Ceará-Mirim.

Ficha técnica

Globo 2

Rafael; Glaubinho, Alexandre, Victor e Jackinha; Ramon, Jardel e Jean Natal (Erick); Negueba, Max e Bam Bam (Radames). Técnico: Higor Cesar

Náutico 0

Jefferson; Hereda (André Krobel), Camutanga (Wallace Pernambucano), Diego Silva e Willian Simões; Josa, Jiménez e Jean Carlos (Alvaro); Jefferson Nem (Neto), Matheus Carvalho e Rafael Oliveira. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Local: Barretão (Ceará-Mirim/RN)
Árbitro: Diego da Costa Cidral (SC). Assistentes: Clair Dapper e Gizeli Casaril (ambos de SC)
Gols: Max (aos 17 do 1ºT) e Negueba (aos 42 do 2ºT)
Cartões amarelos: Max, Glaubinho, Ramon, Jackinha, Jardel (G); Willian, Camutanga, Wallace (N)
Público: 517 pagantes
Renda: R$ 9.390,00

Veja também

Favorito à presidência do Barcelona quer volta de Guardiola ao clube
Futebol

Favorito à presidência do Barcelona quer volta de Guardiola ao clube

Sport perde nos pênaltis para o Avaí e dá adeus à Copa do Brasil sub-20
Sport

Sport perde nos pênaltis para o Avaí e dá adeus à Copa do Brasil sub-20