Náutico perde por 2x0 para o Globo/RN, pela Série C

Mesmo com a derrota, o Timbu permanece na vice-liderança do Grupo A, com 24 pontos, enquanto o Globo está em oitavo, com 16

Náutico foi derrotado pelo GloboNáutico foi derrotado pelo Globo - Foto: Léo Lemos/Náutico

Sobrou disposição, mas faltou qualidade. Nesta segunda (5), no Barretão, um Náutico afobado e sem objetividade foi derrotado por 2x0 para o Globo/RN, em jogo válido pela 15ª rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro 2019. O resultado manteve a equipe pernambucana na vice-liderança da chave, com 24 pontos, enquanto os potiguares permanecem em oitavo, com 16. Restando três confrontos para o término da primeira fase, o Timbu ainda busca mais quatro pontos para chegar aos sonhados 28 que devem cravar a vaga alvirrubra nas quartas de final da competição.

A transição ofensiva em velocidade foi a arma do Náutico no início da partida, mas os visitantes acumularam erros no passe final. Tranquilidade que não faltou ao Globo. Os potiguares deram uma aula de contra-ataque logo na primeira chance que tiveram. De pé em pé, Negueba achou Jean Natal. O camisa 10 deu passe por cima da zaga alvirrubra e Max, frente a frente com Jefferson, estufou as redes para fazer 1x0. O camisa 9, inclusive, já passou pelo Timbu no passado. Em outras palavras, a lei do ex faz mais uma vítima.

Leia também:
Saiba onde e como assistir Globo/RN x Náutico
Thiago e Hereda são dúvidas para jogo contra o Globo


Sem Thiago, válvula de escape do ataque pelo lado direito, o Náutico sofreu com unilateralidade das jogadas pela esquerda. Foi por lá que o Timbu quase empatou, em cruzamento que Jean completou para fora. Demonstrando afobação, os visitantes não somente desperdiçavam contra-ataques como também davam muito espaço no meio-campo. Capitão alvirrubro, Josa era um dos mais irritados em campo por conta dos erros de marcação da equipe.

O tempo de descanso no intervalo, as orientações do técnico Gilmar Dal Pozzo e as entradas de Álvaro e Neto nas vagas de Jean Carlos e Jefferson Nem, respectivamente, não foram suficientes para mudar o cenário do jogo no início do segundo tempo. O Timbu seguia sem objetividade, errando muitos passes e sem criar uma finalização perigosa sequer.

Com Wallace Pernambucano na vaga de Camutanga, o Náutico foi para tudo ou nada. Em vez de ficar mais próximo de fazer o gol, o Timbu sofreu mais um. E o erro partiu justamente de Wallace. Aos 42, a bola bateu na mão do atacante e o árbitro marcou a penalidade. O artilheiro do Globo/RN, Negueba, cobrou com tranquilidade para fazer 2x0, assumindo o posto de goleador da competição, com oito tentos. O terceiro dele contra o Náutico na Série C – o atacante de 19 anos já havia marcado duas vezes contra os pernambucanos no primeiro tempo. Sem forças para reagir, o Alvirrubro saiu derrotado de Ceará-Mirim.

Ficha técnica

Globo 2

Rafael; Glaubinho, Alexandre, Victor e Jackinha; Ramon, Jardel e Jean Natal (Erick); Negueba, Max e Bam Bam (Radames). Técnico: Higor Cesar

Náutico 0

Jefferson; Hereda (André Krobel), Camutanga (Wallace Pernambucano), Diego Silva e Willian Simões; Josa, Jiménez e Jean Carlos (Alvaro); Jefferson Nem (Neto), Matheus Carvalho e Rafael Oliveira. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Local: Barretão (Ceará-Mirim/RN)
Árbitro: Diego da Costa Cidral (SC). Assistentes: Clair Dapper e Gizeli Casaril (ambos de SC)
Gols: Max (aos 17 do 1ºT) e Negueba (aos 42 do 2ºT)
Cartões amarelos: Max, Glaubinho, Ramon, Jackinha, Jardel (G); Willian, Camutanga, Wallace (N)
Público: 517 pagantes
Renda: R$ 9.390,00

Veja também

Juventus pode ser excluída do Campeonato Italiano se permanecer na Superliga
Futebol Internacional

Juventus pode ser excluída do Campeonato Italiano se permanecer na Superliga

Giba faz comentário transfóbico sobre Tifanny em papo com Eduardo Bolsonaro
Transfobia

Giba faz comentário transfóbico sobre Tifanny em papo com Eduardo Bolsonaro