Náutico pode ter quarta dupla de zaga diferente em 2019

Técnico Márcio Goiano já testou três parcerias e mudará novamente a defesa para o jogo contra o Vitória/PE

Diego marcou um gol contra o PetrolinaDiego marcou um gol contra o Petrolina - Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

O Náutico está prestes a ter sua quarta dupla de zaga diferente na temporada. Após o empate em 1x1 diante do Salgueiro, no Cornélio de Barros, pela Copa do Nordeste, o técnico Márcio Goiano confirmou que fará mais mudanças no setor, que conta com quatro peças: Sueliton, Camutanga, Diego Silva e Rafael Ribeiro.

"Todos os quatro jogadores me dão confiança. Pude preservar Camutanga (contra o Petrolina) e Diego fez um bom jogo. Rafael entrou (contra o Salgueiro) e tem minha confiança também. Lógico que a gente sempre vai ter que trabalhar, mostrar alguns erros. É um setor onde você precisa tomar decisões. Na quarta-feira vou trocar a dupla de zaga para observar novamente”, disse.

Nós quatro primeiros jogos do ano, o Náutico entrou em campo com Sueliton e Camutanga na zaga. Com a dupla, a equipe venceu um jogo (2x0 perante o Sergipe) e perdeu três, para Sport e Fortaleza (3x1), além do Central (2x0). Foram oito gols sofridos ao todo.

Contra o Petrolina, pelo Campeonato Pernambucano, Goiano sacou Camutanga e acionou Diego Silva ao lado de Sueliton. O Timbu goleou o adversário por 5x0. Na partida passada, ante o Salgueiro, no Nordestão, Sueliton formou a zaga com Rafael Ribeiro, no empate em 1x1.

Contra o Vitória, a tendência é que Sueliton ganhe descanso. Sendo assim, Camutanga, Diego e Rafael brigarão por duas vagas.

Leia também:
Santa ganha 'lastro' e se prepara para rodar elenco
Náutico vive “Wallacedependência” cada vez maior

Veja também

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico
Futebol

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'
Opinião

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'