Náutico precisa de alternativas para o meio-campo

Com falta de atletas que pensem o no setor, Náutico deve procurar no mercado mais um meio-campo com perfil de articulador

Timbó era para ser o articulador, mas não rendeuTimbó era para ser o articulador, mas não rendeu - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Os problemas do Náutico na Série C 2018 estão espalhados por todos os pontos da equipe. A defesa é a pior do campeonato, com 12 gols em seis jogos. O ataque fez apenas seis e tem se mostrado dependente de Robinho e Ortigoza, os únicos que balançaram as redes no torneio. Há outro detalhe, porém, que também contribui para os tropeços. O Timbu tem extrema dificuldade em propor jogo e isso passa pela falta de atletas que “pensem” no meio-campo. Perfil do tradicional camisa 10. Wallace Pernambucano longe da sua melhor fase, Júnior Timbó tem pouco espaço entre os titulares e Lelê ainda está se adaptando ao clube. O “coração” do time não está batendo forte.

Assim que chegou ao clube, o técnico Márcio Goiano fez questão de dizer que o Náutico precisaria se impor diante dos adversários. O que vai de encontro ao que o clube estava fazendo desde o início da temporada. A postura anterior, adotada pelo ex-comandante alvirrubro e agora treinador do Santa Cruz, Roberto Fernandes, era de apostar nos contra-ataques. O Timbu era adepto das ligações diretas e das jogadas explorando a velocidade dos atacantes de lado. Trocas de passe e articulação de jogadas eram feitas com escassez.

Leia também:
Dudu diz que tem faltado vontade no time do Náutico

Timbó era, na teoria, o atleta para desempenhar esse papel, mas não rendeu o esperado. Wallace até tentou, mas seu futebol parece se encaixar mais quando atua improvisado no ataque. Lelê é um atleta que joga mais pelas beiradas do campo, mas na falta de outras opções, o meia já jogou centralizado. Os dois últimos conseguiram até o momento uma assistência cada, ambas para Robinho, na derrota pernambucana por 4x2 para o Confiança, pela Série C.

A tendência é que o Náutico procure no mercado mais um meio-campo com o perfil de articulador para tentar aumentar as opções de Goiano. Enquanto não traz ninguém, o treinador vai procurando alternativas dentro do elenco. Uma delas pode ser o atacante Dudu, que tem jogado mais recuado.

Fernandinho

O Náutico comunicou ontem que o atacante Fernandinho não faz mais parte do elenco que disputará a sequência da Série C 2018. O jogador indicou que recebeu a proposta de outro clube e pediu para ser liberado.

Veja também

Vorax e paiN Gaming decidem título do CBLoL neste domingo (18)
Tecnologia e games

Vorax e paiN Gaming decidem título do CBLoL neste domingo (18)

Independiente Del Valle elimina Grêmio e vai à fase de grupos da Libertadores
Futebol

Independiente Del Valle elimina Grêmio e vai à fase de grupos da Libertadores