Náutico recebe Cuiabá pela Copa do Brasil

Quem avançar na competição receberá R$ 1,8 milhão; Wallace Pernambucano é dúvida para o jogo

Robinho fez bom ano com a camisa alvirrubraRobinho fez bom ano com a camisa alvirrubra - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

O Náutico está se acostumando a fazer "finais" em um curto intervalo de tempo em 2018. Afinal, jogos que valem classificação e premiações robustas para os cofres não pode ser encarados de outra forma. Nesta quarta (28), às 19h30, o desafio é diante do Cuiabá, na Arena de Pernambuco, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. A volta será dia 14 de março, na Arena Pantanal. Quem passar vai receber R$ 1,8 milhão. Enquanto a Série C não começa, é o mata-mata nacional a “menina dos olhos” do Timbu.

De olho em abrir boa vantagem, o técnico Roberto Fernandes não divulgou a escalação alvirrubra. "Tenho uma ideia, mas não vou adiantar. A última vez que o Náutico passou da terceira fase da competição foi em 1990. Pegaremos um adversário de Série C e será um termômetro interessante para avaliar o nível de equipes que encontraremos depois (no Nacional)", afirmou o treinador.

Para o confronto, a diretoria alvirrubra fez uma promoção relâmpago e colocou dois mil ingressos ao custo de R$ 15. "A torcida precisa abraçar o time. Cada recurso faz diferença no planejamento do ano. Os torcedores tem que pensar não somente no que o clube faz por eles, mas também o que eles fazem pelo clube”, disse o vice-presidente de futebol, Diógenes Braga.

O Náutico deve colocar em campo praticamente o mesmo time que jogou diante do Bahia, na rodada passada pela Copa do Nordeste. Destaque contra o Flamengo de Arcoverde, pelo Campeonato Pernambucano, o prata da casa Robinho deve seguir na vaga de Fernandinho, que se recupera de uma lesão na coxa direita. Em contrapartida, o Timbu corre o risco de não contar com seu artilheiro em 2018, autor de seis gols. O meia Wallace Pernambucano sentiu dores na coxa direita e será avaliado até momentos antes da partida para saber se terá condições de atuar. O atleta participou do treinamento e deixou os alvirrubros otimistas. Caso seja vetado, Ortigoza começará entre os titulares.

Cuiabá


Sobre o adversário, Roberto frisou que as equipes estão em patamares semelhantes, descartando favoritismo para qualquer um dos lados. "Por ter disputado algumas vezes a Série C, conheço o Cuiabá. Tem estrutura boa e é organizado financeiramente. Podemos dizer que eles têm um orçamento melhor que o nosso. Tem um belo CT, também joga em Arena e tem um excelente treinador, o Itamar (Schulle). Ele foi campeão paranaense com o Operário e prima muito por jogadores de força. Será uma partida perigosa e precisamos propor jogo, mas sem se expor. Não há favoritos”, pontuou.

Náutico

Bruno; Thiago Ennes, Breno, Camutanga e Kevyn; Negretti, Josa e Júnior Timbó; Robinho, Wallace Pernambucano (Ortigoza) e Medina. Técnico: Roberto Fernandes

Cuiabá
Zé Carlos; Weriton, Ednei, Marcelo Xavier, Quaresma; Jean, Magno, Hiltinho e Doda (Tiago Etges); Bruno Alves e Jenison. Técnico: Itamar Schulle

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Horário: 19h30
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG). Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Marcus Vinicius Gomes (ambos de MG)
Transmissão TV: Premiere
 

Veja também

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius
Futebol

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'