Futebol

Náutico recusa proposta de R$ 1,5 milhão por Jean Carlos

Riga FC, clube da Letônia, procurou o Timbu para comprar 70% do passe do atleta, mas pernambucanos não aceitaram a oferta; multa rescisória do camisa 10 é de R$ 14 milhões

Jean Carlos, meia do NáuticoJean Carlos, meia do Náutico - Foto: Caio Marques/Náutico/Divulgação

O Náutico recusou uma proposta de R$ 1,5 milhão do Riga FC, da Letônia, pelo meia Jean Carlos. De acordo com um dos empresários do atleta, Deividson Andrews, o clube pernambucano considerou a proposta abaixo do ideal para negociar o camisa 10. A multa do atleta é de R$ 14 milhões.
 
"O Riga ofereceu R$ 1 milhão para comprar 70% dos direitos econômicos de Jean, com um contrato de três anos, podendo ser prorrogado por mais um. O Náutico negou. Depois eles aumentaram para R$ 1,5 milhão e o clube novamente não quis. Para liberar o atleta, a diretoria indicou que teria de ser uma proposta irrecusável. A multa de Jean é de R$ 14 milhões, então só aceitariam negociar por pelo menos sete", informou o agente. 
 
Na proposta do clube europeu, a valorização salarial foi vista com bons olhos pelo atleta e pelo empresário, mas os valores de transferência ficaram aquém do esperado pelo Náutico. O clube da Letônia, porém, não é o único interessado em Jean. “Recebemos algumas sondagens do Brasil, de clubes da Bahia e do Rio de Janeiro. Estamos conversando para ver qual será a proposta”, indicou Andrews. 
 
Jean Carlos tem contrato até o final de 2022 com o Náutico. Pelo clube, o meia jogou 61 partidas, marcando 15 gols. 

Veja também

Por falta de recursos, Salgueiro estuda não disputar a Série D
Salgueiro

Por falta de recursos, Salgueiro estuda não disputar a Série D

Garay anuncia pausa na carreira para engravidar, após Jogos de Tóquio
Vôlei

Garay anuncia pausa na carreira para engravidar, após Jogos de Tóquio