Futebol

Náutico repete jejum de gols de 2013

Há sete anos, pela Série A, Timbu também ficou cinco partidas consecutivas sem balançar as redes

Lances de Náutico x Ponte PretaLances de Náutico x Ponte Preta - Foto: Caio Falcão/CNC/Divulgação

Cinco jogos. Mais de 450 minutos. Esse é o período que o Náutico está sem balançar as redes na Série B do Campeonato Brasileiro 2020. Situação que faz o Timbu ocupar a parte de baixo da tabela de classificação, na 16ª posição, com 15 pontos. Uma sequência amarga que não se repetia há sete anos.

A última vez que o Náutico ficou cinco partidas sem marcar gols foi em 2013. Fato que aconteceu em dois momentos na temporada, ambas em partidas pela Série A. Primeiro, no mês de agosto. O Timbu perdeu quatro vezes, para Criciúma (3x0), Fluminense (1x0), Sport e Bahia (ambos por 2x0). Além disso, ficou no 0x0 com o Atlético/MG.

O mesmo jejum se repetiu em outubro/novembro. Cinco tropeços. Sequência que começou na derrota por 2x0 para o Goiás e continuou perante Atlético/MG (5x0), Criciúma (3x0), Fluminense (2x0) e Bahia (1x0).

Nesta Série B, o Náutico não marca desde o dia 18 de setembro, no empate em 1x1 com a Chapecoense, nos Aflitos. De lá para cá, os alvirrubros perderam para Cuiabá e Confiança, ambos por 1x0, ficou no 0x0 com o Paraná e foi derrotado outras duas vezes, por 2x0, ante América/MG e Ponte Preta. Ao todo, o time só marcou 13 vezes em 15 jogos pela competição nacional.

 

Veja também

Palmeiras anuncia contratação do técnico português Abel Ferreira
Futebol

Palmeiras anuncia contratação do técnico português Abel Ferreira

Sem casos no Sport, Jair se solidariza com Kleina e Martelotte, diagnosticados com Covid
Sport

Sem casos no Sport, Jair se solidariza com Kleina e Martelotte, diagnosticados com Covid