Náutico tenta quebrar sina difícil na Série C

Nenhuma equipe que fez menos de dois pontos nos quatro primeiros jogos conseguiu terminar no G4 da Série C. Oito de11 foram rebaixadas à Série D

Náutico x Confiança, na Arena Pernambuco - segundo tempoNáutico x Confiança, na Arena Pernambuco - segundo tempo - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Seja optando pela efetivação de Dudu Capixaba ou trazendo um novo treinador, o Náutico necessita encontrar uma solução para reagir na Série C. Lanterna do Grupo A, com apenas um ponto, a equipe tem mais 14 jogos para ficar entre os quatro primeiros colocados que avançam para a etapa de mata-mata do torneio. E, caso alcance esse feito, o Timbu já entrará para história.

Nenhuma equipe que somou menos de dois pontos nas quatro primeiras rodadas conseguiu terminar no G4 da fase inicial. O cenário, inclusive, é ainda mais preocupante. Praticamente todos que estavam nessa situação em edições anteriores foram rebaixados à Série D. Depois dos 13 anos sem títulos, os pernambucanos precisam derrubar mais um retrospecto negativo.

Leia também:
Santa ganha força com elenco repleto de velhos conhecidos

Pegando como parâmetro a disputa da Série C a partir de 2012, com o torneio no formato utilizado atualmente (dois grupos com dez clubes cada), 11 equipes já estiveram com menos de dois pontos depois de quatro jogos disputados. Dessas, apenas três evitaram uma queda: Treze/PB (2012), Duque de Caxias/RJ (2013) e Guaratinguetá (2015). O time paraibano tinha apenas um ponto no período, mas evoluiu na reta final e terminou em quinto, com 22. O clube do Rio tinha a mesma pontuação e fechou a fase inicial em sétimo, com 10. Completando a lista, o escrete paulista perdeu três confrontos e empatou um nos primeiros 12 pontos em disputa. Na conclusão da primeira etapa, escapou da degola ao ficar em oitavo, com 16.

Os demais times não tiveram uma crescente capaz de evitar o rebaixamento. Foi assim com Tupi/MG (2012); Baraúnas, Rio Branco e Crac (2013); Duque de Caxias (2014); Icasa (2015); Guaratinguetá (2016); e Mogi Mirim (2017)

Veja também

“Grande Copa do Mundo”, diz Ventura sobre reta final do Sport na Série A
Futebol

“Grande Copa do Mundo”, diz Ventura sobre reta final do Sport na Série A

Japão crê que será difícil realizar Jogos Olímpicos, diz jornal
Olimpíada

Japão crê que será difícil realizar Jogos Olímpicos, diz jornal