Náutico tenta repetir feito de Macaé e Operário na Série C

Cariocas e paranaenses foram os únicos clubes que ganharam a Série C fazendo a partida final como visitante - levando em conta as edições a partir de 2012

[610] Náutico[610] Náutico - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Nas quartas e semifinal da Série C 2019, o Náutico contou duas vezes com a vantagem de decidir o segundo jogo do mata-mata em casa. Foi assim que os alvirrubros conseguiram avançar de fase nos pênaltis diante de Paysandu e Juventude, chegando até a final. Um trunfo que, desta vez, não estará do lado vermelho e branco. Contra o Sampaio Corrêa, o time fará a primeira partida em seu mando de campo, mas o confronto da volta acontecerá no Castelão/MA - benefício conquistado porque os maranhenses possuem mais pontos do que os pernambucanos somando o desempenho da primeira fase com os das etapas eliminatórias. Sendo assim, para levantar sua primeira taça nacional, o Timbu terá de ser um visitante indigesto.

Desde 2012, quando adotou o atual modelo de disputa, a Série C teve apenas dois times que conseguiram o título como visitante no segundo jogo. Em 2014, o Macaé empatou por 1x1 na ida, em casa, com o Paysandu. Na volta, no Mangueirão, novo empate, desta vez por 3x3. Como a competição ainda adotava o critério do gol qualificado fora de casa, os cariocas festejaram em Belém.

No ano passado, Mato Grosso foi palco de uma celebração paranaense. Cuiabá e Operário decidiram o título da Série C e, na primeira partida, no Germano Kruger, as equipes ficaram no 3x3. Na semana seguinte, na Arena Pantanal, o Fantasma venceu por 1x0 e foi campeão. “Não vejo vantagem ou desvantagem em jogar dentro ou fora de casa (partida final). Temos que nos pautar pela imposição física, técnica, tática e mental", disse o técnico do Náutico, Gilmar Dal Pozzo.

Em 11 jogos como visitante na Série C, o Náutico venceu quatro, empatou dois e perdeu cinco, com um aproveitamento de 42,4%. O Sampaio Corrêa tem a mesma quantidade de partidas atuando em seus domínios, acumulando sete vitórias, dois empates e duas derrotas (69,6%). No retrospecto da competição em 2019, os alvirrubros levam vantagem, com vitórias tanto nos Aflitos (2x1) como no Castelão (2x1), ambas pela fase de grupos.

Leia também:
CBF confirma datas das finais da Série C
Náutico volta a disputar um título nacional após 30 anos

Veja também

Zidane diz que Eden Hazard está "preparado" para voltar
Futebol

Zidane diz que Eden Hazard está "preparado" para voltar

Doze times disputam últimas vagas para fase de grupos da Champions
Futebol Internacional

Doze times disputam últimas vagas para fase de grupos da Champions