Futebol

Náutico terá pela frente melhor defesa da Série B

Chapecoense sofreu apenas dois gols na competição e ficou sem ser vazada em seis partidas

Gilmar Dal Pozzo, técnico do NáuticoGilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico - Foto: Tiago Caldas/CNC

Para se aproximar do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro 2020 e se firmar de vez na parte de cima da tabela, o Náutico precisará, na próxima rodada, superar o time  com a melhor defesa da competição. O adversário da sexta, Chapecoense, só foi vazado em um dos sete jogos que disputou até o momento - na derrota por 2x1 para o  Cuiabá.

A solidez defensiva da Chapecoense tem sido a arma da equipe para ocupar a quarta colocação do campeonato, com 16 pontos (cinco vitórias, um empate e uma derrota). Isso  porque, quando os olhos se voltam ao ataque, o cenário é bem diferente. A Chape marcou apenas sete gols, tendo o pior ataque entre os 10 primeiros colocados. Vale lembrar, porém, que o clube tem duas partidas a menos que boa parte dos concorrentes.O Náutico, por outro lado, sofreu 11 gols e marcou 12, ocupando a nona posição, com 13 pontos.

O jogo será o primeiro entre Náutico e Chapecoense na história. Já entre os treinadores do Timbu, Gilson Kleina, e da Chape, Umberto Louzer, será o terceiro encontro. Nos outros dois, o atual comandante alvirrubro levou a melhor. Os duelos foram pela Série B do ano passado. Kleina ganhou por 2x1, quando estava no Criciúma, e por 1x0, pela Ponte Preta. Em ambos os casos, Louzer estava no Coritiba.

Veja também

Pernambucanos vencem potiguares e sobem na tabela, na Série D
Série D

Pernambucanos vencem potiguares e sobem na tabela, na Série D

Bayern vence Dortmund e conquista Supercopa da Alemanha
Futebol Internacional

Bayern vence Dortmund e conquista Supercopa da Alemanha