Náutico traça meta para próximos dois jogos fora de casa

Segundo volante Jhonnatan, Náutico quer somar pelo menos quatro dos próximos seis pontos em disputa

Jhonnatan já marcou dois gols pelo NáuticoJhonnatan já marcou dois gols pelo Náutico - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Jogar em Pernambuco trouxe ótimos resultados ao Náutico na Série C. Principalmente na última grande sequência no estado que o clube teve na competição. Entre a nona e a 12ª rodada, o Timbu fez três dos quatro confrontos em casa, contra Remo, Botafogo/PB e Atlético/AC. O duelo fora foi contra o Santa Cruz, no Arruda. Aproveitamento de 100% que colocou os pernambucanos na segunda posição do Grupo A, com 19 pontos. Agora, o momento é de provar que a equipe não é apenas caseira. O cenário para as seis partidas finais da primeira fase aponta quatro compromissos longe do reduto alvirrubro. Dois de forma consecutiva, pegando o Confiança, sábado, no Batistão, e logo depois o Salgueiro, no dia 14 de julho, no Cornélio de Barros. A meta dos alvirrubros, segundo o volante Jhonnatan, é voltar invicto dos dois desafios, com ao menos um triunfo.

“Estamos evoluindo bastante (fora de casa). Nesses dois, nós temos que trazer pelo menos quatro pontos para Recife. Objetivo mínimo é esse”, declarou, indicando ainda a meta de pontos do Timbu para a primeira fase. “No começo, traçamos de 27 a 28 pontos. Trabalhamos nessa faixa. Não será fácil porque está tudo embolado, mas nós queremos brigar lá em cima”, completou.

Embora tenha vencido o jogo passado como visitante, no Clássico das Emoções, o retrospecto do Náutico longe de sua torcida é fraco. Nas demais quatro partidas, apenas tropeços. A equipe foi goleada por 4x0 para o Botafogo/PB, superada por 2x0 por Juazeirense/BA e ABC, além de amargar um revés por 1x0 para o Atlético/AC. Ao todo, o desempenho fora de casa é de 20%. Dos integrantes do G4, o Timbu tem o pior aproveitamento. O líder Atlético/AC tem 27,7%, o Confiança (3º) tem 61,1% e o Santa Cruz (4º) tem 47,6%. 

Depois de encarar os sergipanos e os sertanejos, o Náutico jogará mais duas partidas fora de casa, contra Globo/RN, no dia 28 de julho, e Remo, na partida final da primeira fase, no dia 12 de agosto. Como mandante, o Timbu terá apenas mais dois compromissos, perante Juazeirense e ABC. Em toda a temporada, o clube fez 19 confrontos como visitante. Foram três vitórias, oito empates e oito derrotas. Um aproveitamento de 29,8%.

Leia também:
Náutico pode ter dois desfalques contra o Confiança
Treino do Náutico tem volta de Wallace e desfalque de Breno 

Veja também

Conmebol defende Copa América e diz que torneio não foi feito 'às pressas'
Futebol

Conmebol defende Copa América e diz que torneio não foi feito 'às pressas'

Eriksen não teve Covid, nem foi vacinado, diz diretor da Inter de Milão
Futebol

Eriksen não teve Covid, nem foi vacinado, diz diretor da Inter de Milão