Náutico

Náutico vai solicitar áudio do VAR no momento da expulsão de Paulo Sérgio contra o Afogados

A diretoria alvirrubra estuda a possibilidade de entrar com um efeito suspensivo para utilizar o centroavante na jogo de ida diante do Retrô

Paulo Sérgio foi expulso contra o Afogados Paulo Sérgio foi expulso contra o Afogados  - Foto: Gabriel França/ CNC

O departamento jurídico do Náutico está analisando a situação do atacante Paulo Sérgio, expulso nos minutos finais da partida contra o Afogados por fazer gestos obscenos. Bruno Becker, presidente do Timbu, confirmou à reportagem da Folha de Pernambuco que a primeira medida será protocolar um pedido de acesso ao áudio do VAR já nesta segunda-feira (4). 

A priori, o centroavante alvirrubro está fora da primeira partida da semifinal do Campeonato Pernambucano contra o Retrô, no próximo domingo (10), nos Aflitos. O Náutico estuda entrar com pedido de efeito suspensivo para tentar utilizar o atleta. 

Em campo, o árbitro Anderson Lúis Marques não tinha expulsado Paulo Sérgio. A decisão veio após revisão no VAR, solicitada por Tiago Nascimento - que estava no comando da arbitragem de vídeo. 

Na súmula, o árbitro Anderson Lúis Marques justificou a expulsão do atacante por "fazer gestos obscenos para a sua torcida na comemoração de um gol marcado por ele". Paulo Sérgio, entretanto, fez um gesto ligado a uma torcida uniformizada do Náutico

O Timbu volta a campo nesta terça-feira (5) contra o River-PI, pela Copa do Nordeste. Por se tratar de outra competição, Paulo Sérgio está apto para entrar em campo. 

Após o duelo contra o Afogados, o técnico Allan Aal lamentou a expulsão de Paulo Sérgio. O centroavante é uma peça fundamental no ataque alvirrubro. 

“Lamento muito iniciar uma entrevista tendo que falar da arbitragem. Uma pena. Não só pela questão da utilização do VAR que, ao meu ver, vai tirando a confiança do que os árbitros definem em campo. O que foi falado para mim foi que Paulo fez um gesto obsceno. Não entendo disso porque eu não faço gol. Ele já tinha feito isso contra o Santa Cruz, com essa conexão com a torcida. Foi punido pelo momento que é o mais importante do futebol. Ser punido por uma comemoração de gol. De repente, se fosse pelo excesso ou saindo do campo, mas assim é de lamentar”, afirmou o treinador. 
 

Veja também

Jogadoras da seleção feminina de futebol visitam jovens do Parque Santos Dumont, em Boa Viagem
Seleção Feminina

Jogadoras da seleção feminina de futebol visitam jovens do Parque Santos Dumont, em Boa Viagem

Náutico bate Costa Rica-MS e conquista primeiros pontos no Campeonato Brasileiro de Futsal
Futsal

Náutico bate Costa Rica-MS e conquista primeiros pontos no Campeonato Brasileiro de Futsal

Newsletter