Futebol

Náutico goleia Oeste por 4x1, nos Aflitos, e se distancia do Z4

Resultado deixou o Timbu na 15ª posição da Série B, com 42 pontos; pernambucanos pode se livrar oficialmente do risco de queda na próxima rodada

Náutico venceu Oeste com tranquilidadeNáutico venceu Oeste com tranquilidade - Foto: Thyago Marques/CNC/Divulgação

Avassalador, o Náutico evitou qualquer risco de "zebra" nos Aflitos e venceu o Oeste por 4x1, nesta quarta (20), pela Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Erick (2), Jean Carlos e Kieza. Pedrinho descontou para os visitantes. O resultado deixou os alvirrubros na 15ª colocação, com 42 pontos, dando um passo importante para se livrar de vez do risco de rebaixamento. O próximo duelo do Timbu é domingo (24), perante o Cruzeiro, no Independência.

Com o triunfo do Vitória diante do Guarani, horas antes, no Brinco de Ouro, o Náutico entrou em campo sendo um dos ocupantes da zona de rebaixamento da Série B. Mas a angústia durou pouco. Em quatro minutos, o clima ficou mais leve. Erick deu ótimo passe de calcanhar para Hereda. O lateral driblou o marcador e bateu rasteiro para colocar o Timbu em vantagem.

O gol deixou o Náutico ainda mais confortável para seguir pressionando o Oeste. Erick, aproveitando a fragilidade de marcação pelo lado direito, quase balançou as redes em chute cruzado que acertou a trave. Minutos depois, foi Camutanga quem se aproximou do gol, em cabeçada perigosa.

O 2x0, ensaiado minutos antes, virou realidade nos pés de Jean Carlos. Erick, o garçom da noite, lançou o camisa 10, que só teve o trabalho de dominar e chutar. A bola desviou na marcação e enganou Caíque. E se esse placar é considerado "perigoso", o Timbu tratou de ampliar. Hereda cruzou e Kieza, de carrinho, fez o terceiro dos alvirrubros.  Placar elástico levado para o intervalo, mas que poderia ser bem maior pela quantidade de oportunidades criadas.

Com menos de um minuto, o Náutico deu a tônica de como seria o segundo tempo. Vinícius entrou na área e chutou rasteiro, obrigando Caíque a fazer boa defesa. O Oeste demonstrou todas as fragilidades já conhecidas e responsáveis pelo rebaixamento precoce. Pouco produtivo, o time paulista mal conseguia trocar passes e deixava muito espaço para o avanço dos pernambucanos.

Depois de duas assistências, Erick resolveu também deixar o dele. Aos sete do segundo tempo, Vinícius cruzou rasteiro, Kieza deixou a bola passar e o camisa 33 pegou de primeira para transformar a vitória em goleada.

O Oeste só apareceu no jogo quando o Náutico confundiu tranquilidade com displicência. Jhonnatan errou na saída de bola, Pedrinho recebeu a bola de frente para o goleiro Anderson e diminuiu o placar nos Aflitos. Lance que não significou uma reação. O Timbu continuou melhor e mais próximo de balançar as redes, mas a contagem terminou em 4x1. 

A vitória deu a possibilidade de os pernambucanos evitarem oficialmente a queda já na próxima rodada, em caso de derrota do Figueirense (16º) para o Juventude, e um empate entre o Timbu e Cruzeiro

Ficha técnica

Náutico 4
Anderson; Hereda, Camutanga (Ronaldo Alves), Rafael Ribeiro e Bryan; Rhaldney, Jhonnatan (Trindade) e Jean Carlos (Ruy); Erick (Jorge Henrique), Vinícius (Dadá) e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos. 

Oeste 1
Caíque França; Raí Ramos, Caetano, Maurício Barbosa e Rael (De Paula); Betinho, Caio (Índio), Diogo (Kalil) e Léo Ceará (Bruno Miguel); Bruno Lopes (Ramon) e Pedrinho. Técnico: Roberto Cavalo. 

Local: Aflitos (Recife/PE)
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno e Thiago Rosa de Oliveira (ambos do RJ)
Gols: Hereda (aos 4 do 1ºT e 7 do 2ºT), Jean Carlos (aos 19 do 1ºT), Kieza (aos 28 do 1ºT) e Pedrinho (aos 17 do 2ºT)
Cartões amarelos: Diogo, Caio, De Paula (O)

 

Veja também

Pedro Manta é o novo técnico do Central
Futebol

Pedro Manta é o novo técnico do Central

Lateral-esquerdo Rafinha inicia treinos no Náutico
Futebol

Lateral-esquerdo Rafinha inicia treinos no Náutico