Futebol

Náutico vence Santa Cruz e está na final do Pernambucano 2021

Com gols de Kieza, Timbu se classificou para a decisão e aguarda o adversário, que sai do vencedor do duelo entre Sport e Salgueiro, segunda (10), na Ilha do Retiro

Náutico vence Santa e está na final do PernambucanoNáutico vence Santa e está na final do Pernambucano - Foto: Tiago Caldas/CNC

O Náutico está na final do Campeonato Pernambucano 2021. A vaga veio após a vitória por 2x1 diante do Santa Cruz, neste domingo (9), na Arena de Pernambuco, pela semifinal do torneio. O resultado acabou com um jejum de 11 anos do Timbu sem superar o Tricolor em um mata-mata, igualando também o número de triunfos de cada equipe em confrontos em São Lourenço da Mata - agora são quatro de cada lado e seis empates. O Alvirrubro pega na decisão o vencedor de Sport e Salgueiro, que jogam segunda (10), na Ilha do Retiro. Já a Cobra Coral, com o revés, ficará fora da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste em 2022. 

Kieza estava há três partidas sem marcar. Duas delas foram clássicos, contra Sport e Santa Cruz, ambos pela primeira fase. A cobrança pela eficácia do artilheiro do Estadual, com sete tentos, em “jogos grandes”, começava a se desenhar. Mas o centroavante tratou de acabar com o curto jejum aos 18 minutos. Hereda cruzou pela direita e o camisa 9 só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes. 

O Náutico foi superior ao Santa no primeiro tempo. Na marcação, com Rhaldney e Djavan fechando bem os espaços pelo meio, e no setor ofensivo, com Vinícius incomodando pela esquerda. A vantagem mínima dos alvirrubros teve como culpado o goleiro Jordan. O camisa 1 fez uma defesa incrível em chute de Kieza, evitando um gol claro.

E Pipico? O atacante coral entrou em campo com um jejum de nove jogos sem marcar. Nos primeiros 45 minutos, reclamou de dois pênaltis e teve todas as finalizações travadas. Derley e Elicarlos estavam perdidos na marcação e sequer voltaram para o segundo tempo. 

DAZN

O DAZN, maior serviço de streaming esportivo do mundo, apresenta o melhor das competições esportivas nacionais e internacionais por uma assinatura mensal pelo custo de R$ 19,90. Para quem já é assinante, basta acessar o site ou o app da plataforma. Para quem ainda não tem conta, o serviço disponibiliza 30 dias grátis, bastando clicar neste link para se cadastrar. Você pode acompanhar os eventos pelo computador, no celular, tablet ou até no console do videogame.

Feliz pelo gol, mas incomodado com a outra chance clara que perdeu, Kieza voltou do intervalo ciente de que precisava se redimir. Aos oito minutos, quando Bryan foi derrubado por Digão dentro da área, o camisa 9 sabia que era a hora dele. A penalidade foi cobrada com precisão e, mesmo com Jordan acertando o canto, a bola entrou.

Com 15 minutos do segundo tempo, o técnico Bolívar já tinha feito quatro das cinco alterações possíveis. Uma delas foi a saída de Pipico. Mas não houve melhora. Com a exceção de lances em bola parada, o Santa não assustava os mandantes. No Náutico, para preservar os amarelados Djavan e Rhaldney, Hélio dos Anjos acionou Trindade e Marciel.

Com o Santa apático, o Náutico foi empilhando chances desperdiçadas, o que evitou uma vitória mais folgada. Erros que quase custaram caro. Aos 44, após cobrança de falta, Paiva desviou de cabeça e marcou contra, acordando o Tricolor. Lance que deu emoção aos minutos finais, mas que não tirou a classificação do Timbu à decisão do Estadual.

 

Ficha técnica

Náutico 2

Alex Alves; Hereda, Camutanga, Wagner Leonardo e Bryan; Djavan (Trindade), Rhaldney (Marciel) e Jean Carlos (Luiz Henrique); Erick, Vinícius (Giovanny) e Kieza (Paiva). Técnico: Hélio dos Anjos

Santa Cruz 1

Jordan; Digão, William Alves, Breno Calixto e Eduardo; Derley (Augusto César), Elicarlos (Karl) e Chiquinho; Bustamante (França), Madson (Adriano) e Pipico (Léo Gaúcho). Técnico: Bolívar.

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Leila Naiara (DF)
Gols: Kieza (aos 18 do 1ºT e aos 8 do 2ºT) e Paiva (aos 44 do 2ºT)
Cartões amarelos: Rhaldney, Djavan, Erick (N); Elicarlos, Breno, Digão (S)

 

Veja também

Seleção feminina de vôlei bate Japão e vai à final da Liga das Nações
Vôlei

Seleção feminina de vôlei bate Japão e vai à final da Liga das Nações

Derley comemora volta ao time após chegada de Roberto Fernandes
Futebol

Derley comemora volta ao time após chegada de Roberto Fernandes