Náutico visita Paysandu buscando recuperação na Série B

Timbu encara o Papão nesta terça-feira (18) para recuperar o tempo perdido na Segundona e diminuir probabilidade de rebaixamento

Recém-chegado, Diego  Miranda deve ser acionado entre os titulares no jogo  contra o PaysanduRecém-chegado, Diego Miranda deve ser acionado entre os titulares no jogo contra o Paysandu - Foto: Anderson Stevens/Arquivo Folha

Uma vitória fora de casa é um resultado importante. Um empate diante do líder, algo possível de se comemorar. A igualdade no placar em um clássico local também não é anormal. Olhando apenas os três últimos jogos, o Náutico está com um desempenho razoável. Sem derrotas e com apenas um gol sofrido em 270 minutos de partida. O problema é que a Série B 2017 começou faz um bom tempo. E toda essa reação veio após 11 jogos sem vitórias. Por isso, mesmo com a aparente evolução, o déficit alvirrubro é enorme. Nesta terça-feira (18), às 19h15, diante do Paysandu, no Mangueirão, o Timbu joga para tirar o atraso na competição e somar pontos para diminuir as chances de rebaixamento à Série C.

Pela 15ª vez na temporada, o Náutico entrará com uma escalação diferente. Sem Giovanni, vetado por conta de uma lesão no joelho esquerdo, sofrida no último Clássico das Emoções, o técnico Beto Campos deve acionar Diego Miranda entre os titulares. Já Léo Carioca, que deixou o gramado da Arena de Pernambuco com dores no tornozelo esquerdo, foi relacionado para o confronto.

Na frente, o Timbu ficará sem Gilmar por mais uma rodada. O camisa 84 foi poupado pelo Departamento Médico para se recuperar inteiramente de dores no joelho direito.

Quem também ficou no Recife foi o centroavante Vinícius, que está em fase de transição. Com isso, Alison deve permanecer no ataque ao lado de Erick. Iago, Gerônimo e Leilson são as outras opções para o setor ofensivo.

Na lanterna da Série B, com apenas sete pontos, o Náutico tem 92,7% de risco de rebaixamento, segundo o site “Chance de Gol”. Os cálculos atuais apontam que seriam necessários mais 38 pontos para livrar a equipe da queda - pelo menos 12 vitórias e dois empates.

Paysandu
Passar um longo tempo sem vencer e, depois de muito sufoco, voltar a somar três pontos com um resultado fora de casa. O Náutico sabe muito bem como é esse sentimento, mas o Paysandu não fica atrás. O triunfo dos paraenses no jogo passado, diante do Vila Nova, encerrou um jejum de nove partidas sem vitória na Série B 2017. O Papão é o 14º colocado do torneio, com 17 pontos - 10 a mais que os pernambucanos.

Para o confronto, o técnico Marquinho Santos terá o retorno do atacante Bergson, ex-Náutico, que cumpriu suspensão automática na última rodada. Em contrapartida, os mandantes estão com dois desfalques: o volante Augusto Recife e o meia-atacante Rodrigo Andrades, ambos expulsos no jogo passado. Jhonnatan e Ricardo Capanema devem ser os substitutos.

FICHA DE JOGO

PAYSANDU

Marcus Milanezi; Ayrton, Fernando Lombardi, Gualberto e Peri; Ricardo Campanema, Renato Augusto e Jhonnatan; Wellinton Junior, Marcão e Bergson. Técnico: Marquinho Santos

NÁUTICO
Tiago Cardoso; Suelinton, Breno, Feliphe Gabriel e Léo Carioca; Amaral, Jobson, Henrique Ávila e Diego Miranda; Erick e Alison. Técnico: Beto Campos

Local: Mangueirão (Belém/PA)
Horário: 19h15
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Joao Luiz Coelho de Albuquerque e Gabriel Conti Viana (ambos do RJ). Transmissão TV: Premiere, SporTV.

Veja também

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico
Futebol

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'
Opinião

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'