A-A+

Futebol

Náutico x CRB poderá ter 2,5 mil pessoas nos Aflitos

Jogo será o primeiro a receber público em Pernambuco, desde o início da pandemia da Covid-19

Náutico venceu rival do CRB, CSA, no início do segundo turnoNáutico venceu rival do CRB, CSA, no início do segundo turno - Foto: Tiago Caldas/CNC

Após o Governo de Pernambuco autorizar a volta parcial de público nos estádios de futebol do estado, o Náutico será o primeiro beneficiado. No próximo jogo da equipe no Recife, terça (28), diante do CRB, nos Aflitos, pela Série B do Campeonato Brasileiro 2021, o estádio poderá receber até 2,5 mil pessoas. 

Para ter as arquibancadas parcialmente preenchidas, será necessário o controle seguro do esquema vacinal, sendo destinados 90% da venda dos ingressos para os que tomaram a segunda dose da vacina ou com uma dose, no caso de vacina de dose única. Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.

Em compensação, na Série A, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicou que somente haverá o retorno dos espectadores às partidas do Brasileirão quando as autoridades públicas de todas as cidades dos clubes participantes autorizarem. O Conselho técnico da entidade voltará a discutir a situação na próxima terça. Sendo assim, o Sport não será beneficiado no momento com a liberação. 

A última partida com presença de torcida nas arquibancadas em Pernambuco, antes da proibição nacional por conta da pandemia da Covid-19, foi dia 14 de março de 2020, no embate entre Náutico e Fortaleza, nos Aflitos, pela Copa do Nordeste. Em julho deste ano, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, disse que estava em diálogo com o Governo para conseguir a liberação de torcedores nos jogos a partir de setembro, com presença de até cinco mil pessoas. A ideia era começar já no duelo entre Brasil e Peru, na Arena de Pernambuco, realizado no dia 9 do mês anterior, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, mas não houve autorização. 

Outras cidades foram liberadas anteriormente para ter jogos dos respectivos clubes locais: Aracaju (Confiança), Belo Horizonte (Cruzeiro), Belém (Remo), Brusque (Brusque), Curitiba (Coritiba), Florianópolis (Avaí), Goiânia (Goiás e Vila Nova), Londrina (Londrina), Pelotas (Brasil), Ponta Grossa (Operário), Rio de Janeiro (Botafogo e Vasco) e São Luís (Sampaio Corrêa). Alagoas publicou nesta quinta um decreto para liberação das torcidas, permitindo que CRB e CSA também sejam beneficiados. Da Segundona, apenas Ponte Preta e Guarani, de Campinas/SP, e Vitória, de Salvador/BA, ainda terão que atuar como mandante com os portões fechados.

 

Veja também

Fifa convoca reunião com técnicos para debater Copa a cada dois anos
Futebol

Fifa convoca reunião com técnicos para debater Copa a cada dois anos

NBA começa nesta terça; veja o que esperar da temporada 2021/22
NBA

NBA começa nesta terça; veja o que esperar da temporada 2021/22