Fernando Lombardi, zagueiro do Náutico
Fernando Lombardi, zagueiro do NáuticoFoto: Léo Lemos/Náutico

Contratado para reforçar um dos setores mais carentes do Náutico na temporada 2019, o zagueiro Fernando Lombardi chamou atenção inicialmente não por conta do seu currículo ou devido sua passagem mais recente, pelo Água Santa/SP. Foi a idade o tema de várias perguntas na apresentação coletiva do defensor, nesta última segunda (13), no CT Wilson Campos. Mesmo ressaltando o valor da experiência por conta dos 37 anos de idade, o atleta não quer ser avaliado pelos aniversários comemorados.

“Quero ser julgado pelo meu desempenho. Quem é atleta profissional de verdade consegue prolongar um pouco mais seu tempo dentro de campo. Falando em idade, as pessoas podem dizer ‘poxa, mas o cara tem 37 anos’. É importante você buscar informações por onde joguei. Sou um atleta que nunca tive lesão muscular. Sempre nos clubes que passei tive mais de 80% de aproveitamento em jogos disputados e sou extremamente disciplinado”, afirmou.

A defesa foi o principal alvo das críticas por parte da torcida nos últimos jogos, com mudanças constantes no setor devido lesões e opções técnicas. Mesmo assim, o contratado evita falar em uma possível titularidade.

“Fui titular em todos os jogos pelo Água Santa, mas, quando alguém é contratado por uma grande equipe como o Náutico, não tem no contrato dizendo que você será titular. É preciso respeitar os que aqui estão. Sei que posso agregar com minha experiência, identificando pontos que não vistos pelos mais jovens”, citou.

Dal Pozzo

Lombardi mal teve tempo de ganhar a confiança do técnico Márcio Goiano e já terá que mostrar seu trabalho para o novo treinador do clube, Gilmar Dal Pozzo. Alguém que ele conhece bem. “Trabalhei com Dal Pozzo no Paysandu e conheço seu perfil. Ele encontrará um Náutico organizado e produtivo”, salientou.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: