Matheus Carvalho comemora gol contra o Treze
Matheus Carvalho comemora gol contra o TrezeFoto: Léo Lemos/Náutico

Chegou, entrou em campo, não agradou e perdeu espaço. Essa foi a sequência do atacante Matheus Carvalho com a camisa do Náutico nos primeiros compromissos de 2019. Mas tudo isso ficou no passado após a saída do técnico Márcio Goiano. Com a chegada de Gilmar Dal Pozzo, o jogador voltou a ganhar importância na equipe e foi coroado com um gol que garantiu a vitória alvirrubra por 1x0 diante do Treze, no último sábado (18), no Amigão, pela Série C do Campeonato Brasileiro.

“Estou feliz. Acho que correspondi ao que Gilmar esperava. Estava trabalhando quieto, com empenho, esperando minha oportunidade. Agradeço também ao professor Márcio porque tive chances com ele e respeitei suas decisões. Mas agora chegou meu momento e quero aproveitar da melhor forma possível”, afirmou.

Com Goiano, Matheus Carvalho esteve em campo apenas quatro vezes, com um gol marcado. Sobre as poucas chances, o atleta avalia que seu estilo de jogo não se encaixou no pensamento do ex-treinador alvirrubro. “Todo profissional tem seu método de trabalho. Márcio acabou não aceitando minhas características, mas conversava comigo dizendo que eu deveria continuar trabalhando para ter oportunidades. Com Dal Pozzo, ele já deixou claro que as chances estão abertas para todos. Ele é mais enérgico com o grupo e acredito que precisávamos disso”, explicou, se colocando à disposição para, se preciso, atuar improvisado – com a lesão de Assis, Matheus chegou a ser testado na lateral esquerda.

“Estou aqui para ajudar. Se me colocarem de zagueiro, volante, meia, em qualquer posição eu vou dar a vida. O clube me abriu as portas, é gigante, tem uma torcida enorme e nós temos que retribuir pensando na luta pelo acesso e até o título”, cravou.

Leia também:
Jorge Henrique x Ortigoza: Paraguaio tem desempenho melhor no Timbu

veja também

comentários

comece o dia bem informado: