Josa, volante do Náutico
Josa, volante do NáuticoFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

A parceria entre Josa e Jiménez no Náutico existe para ajudar o clube no setor de marcação e evitar os gols. Mas diante do Sampaio Corrêa, na última segunda (12), nos Aflitos, pela Série C 2019, a dupla contribuiu de outra forma: balançando as redes. Com um gol de cada, o Timbu venceu por 2x1 e retornou ao G4 da chave, aproximando-se de uma das vagas no mata-mata.

“Enquanto um vai (ao ataque), o outro fica. Treinamos isso durante a semana. Quando um apoia, o outro fica na retaguarda dando suporte aos zagueiros. Isso está dando certo”, disse Josa, comemorando seu segundo gol marcado em 2019. “Ele saiu na hora certa. Fortaleceu a equipe e ganhamos uma energia nova. Foi importante para reverter o placar no segundo tempo. Para mim também teve uma importância grande por tudo que passamos. Foi o segundo gol meu esse ano e tomara que venha mais”, completou.

O resultado animou ainda mais o volante para a reta decisiva da competição. Não somente para concluir o objetivo do acesso à Série B, como também o de buscar o título inédito da Série C.

Leia também:
Náutico não terá Jiménez para jogo contra o Botafogo/PB
Matemática alimenta sonhos de Náutico e Santa

“Já vivemos momentos bons e demonstramos que somos fortes. Vencemos três líderes do Grupo A em situações difíceis. Tem de ter agora a cereja do bolo. Estamos fazendo um bom trabalho e o elenco inteiro está imbuído no mesmo objetivo. Nosso pensamento sempre foi esse (G4). Depois vamos pensar no acesso. Temos um jogo importantíssimo e podemos concretizar nossa classificação”, alertou.

Treinos

Sem jogar desde abril por conta de uma série de lesões musculares, o meia Maylson voltou aos treinos com bola nesta semana, mas o Náutico ainda é cauteloso ao apontar uma data para o retorno do jogador.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: