Paulinho, atacante do Náutico
Paulinho, atacante do NáuticoFoto: Léo Lemos/Náutico

Retornando aos trabalhos com bola após se recuperar de dores na coxa direita, o atacante Paulinho era um dos atletas cotados a atuar no time titular do Náutico para o Clássico das Emoções do sábado (24), nos Aflitos, diante do Santa Cruz, pela última rodada do Grupo A da Série C. Mas o treinamento desta quarta (21) não trouxe boas notícias ao jogador. Na atividade de finalização, o atleta voltou a sentir dores na mesma região e deixou o treino antes do final.

Curiosamente, após deixar a atividade, Paulinho chegou a ser chamado pelo técnico Gilmar Dal Pozzo para outra parte do treino, mas não conseguiu retornar aos trabalhos. O atleta será reavaliado pelo departamento médico ainda nesta semana para saber se poderá ficar à disposição do técnico.

O lateral-direito André Krobel e o atacante Matheus Carvalho não participaram das atividades. O primeiro teve um problema de gastroenterite, enquanto o segundo sentiu um desconforto na região posterior do tornozelo. Ambos também serão reavaliados. O primeiro é reserva de Hereda, mas Matheus vinha atuando como titular.

Segundo colocado do Grupo A, com 30 pontos, o Náutico pode terminar em primeiro se vencer o clássico, somado ao empate ou derrota do líder Sampaio Corrêa, 31, para o Imperatriz/MA, no Castelão. Se empatarem o jogo diante do Santa Cruz, o topo da chave só será do Timbu se a Bolívia Querida for derrotada. As equipes teriam a mesma pontuação, mas os alvirrubros levariam vantagem no saldo de gols.

Em caso de derrota, o Náutico não terminará a liderança, mas também não terá seu segundo lugar ameaçado. Isso porque os demais times que brigam por uma vaga no G4, casos de Imperatriz/MA, Confiança, Santa Cruz, Ferroviário e Botafogo/PB, não alcançarão a pontuação do Timbu.

Leia também:
Álvaro comemora gol e visa sequência no Náutico
Liderança e G4: metas de Náutico e Santa na reta final da 1ª fase

veja também

comentários

comece o dia bem informado: