Rafael Oliveira, atacante do Náutico
Rafael Oliveira, atacante do NáuticoFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A reapresentação do Náutico, no CT Wilson Campos, após a conquista do acesso à Série B, teve o desfalque de quatro jogadores. Submetido a um procedimento odontológico, Camutanga foi liberado das atividades. Já o lateral-esquerdo Willian Simões e os atacantes Thiago e Rafael Oliveira foram vetados da atividade por problemas clínicos. O médico João Bosco explica a situação de cada um.

“Willian tem um incômodo no joelho esquerdo e preferimos preservá-lo. Thiago teve uma entorse no tornozelo direito no jogo e está com um pouco de edema. Vamos observá-lo durante a semana. Já Rafael está com um incômodo na panturrilha direita, ele passou por exame de imagem e vamos aguardar o resultado”, alertou.

Os problemas de Willian e Rafael são antigos. A dupla, inclusive, chegou a ser dúvida para o jogo da volta diante do Paysandu, no último domingo. Caso não tenham condições de entrar em campo no próximo domingo (15), contra o Juventude, no Alfredo Jaconi, pelo duelo de ida da semifinal da Série C, a tendência é que o técnico Gilmar Dal Pozzo opte pelas entradas de Erick Daltro e Wallace Pernambucano.

Leia também:
CBF define data dos jogos entre Náutico e Juventude
Juventude vence Imperatriz e pega Náutico nas semifinais da Série C


Se não contar com Thiago, Dal Pozzo terá à disposição Matheus Carvalho. Outa possibilidade que pode pintar durante a semana é a volta de Paulinho. O jogador, que não entra em campo desde o final de julho, está recuperado de dores na coxa esquerda e pode reforçar o time na reta final da competição. O Timbu, porém, terá um desfalque certo: o zagueiro Diego, expulso diante do Papão. Rafael Ribeiro e Fernando Lombardi brigam pela vaga.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: