Gilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico
Gilmar Dal Pozzo, técnico do NáuticoFoto: Léo Lemos/Náutico

Nunca uma semana em 2019 teve uma sensação de tamanha leveza para o Náutico como essa que passou. O clube tirou um peso das costas ao atingir o maior objetivo desde o rebaixamento à Série C, em 2017: o acesso à Série B. Após degustar a principal “refeição” da temporada, os pernambucanos querem a “sobremesa”, com o doce sabor de um inédito título nacional. Neste domingo (15), o Timbu visita o Juventude, às 18h, no Alfredo Jaconi, pelo duelo de ida da semifinal da terceira divisão. A volta será no dia 22 de setembro, no mesmo horário, nos Aflitos. Quem passar de fase garante presença na final.

Terça-feira, 15h30. Esse foi o dia e horário em que a festa do Náutico após eliminar o Paysandu, nas quartas de final da Série C, terminou. Ao se reapresentar no CT Wilson Campos, o elenco alvirrubro teve uma reunião com a comissão técnica e a diretoria. A pauta, obviamente, foi a luta pelo título. A mensagem foi clara: ninguém pode ficar saciado apenas com a vaga na Segundona.

Com relação ao time que eliminou o Paysandu na fase anterior, o Náutico terá três desfalques. Diego Silva foi expulso no jogo passado e cumprirá suspensão automática. O centroavante Rafael Oliveira voltou a sentir dores na panturrilha direita e foi vetado. Já o atacante Thiago, artilheiro do clube na Série C, com cinco gols, não se recuperou a tempo de uma entorse no tornozelo direito. Tantos problemas abriram a possibilidade de o Timbu testar uma nova formação perante os gaúchos.

“Trabalhamos com três zagueiros no último treino e existe uma possibilidade grande de usarmos essa formação. Rafael Ribeiro ficaria pelo lado direito porque o Juventude tem o Dalberto, um atacante de lado que tem presença de área. Lombardi seria a sombra e Camutanga ficaria pelo lado esquerdo”, explicou o treinador. Nesse modelo, o ataque teria apenas Álvaro e Wallace Pernambucano. Caso Dal Pozzo opte por manter o tradicional quarteto defensivo, Rafael Ribeiro fica no banco e Matheus Carvalho é escalado.

O Náutico nunca perdeu para o Juventude na história. Em quatro jogos, o Timbu tem uma vitória e três empates. O confronto mais recente aconteceu na Série B 2017, com um empate em 0x0 no Alfredo Jaconi. Na ocasião, os gaúchos foram comandados pelo interino Márcio Angonese, substituto justamente de Dal Pozzo, demitido pelo Papo uma rodada antes.

Juventude

Dos 180 minutos da decisão que vale vaga na final da Série C 2019, o Juventude só terá seu principal jogador nos primeiros 90. Na última sexta, a Ponte Preta confirmou a vinda do meia Renato Cajá por empréstimo, reforçando o elenco da Macaca até o final da Série B. O atleta viaja para Campinas na segunda, ou seja, sua despedida será no duelo de ida da semifinal. Porém, é bom salientar que o jogador renovou com o time gaúcho e reforçará o elenco do Papo na Segundona do ano que vem.

“Ele é um cara de qualidade. Já joguei contra ele e sei que é difícil marcá-lo. Dal Pozzo já passou algumas coisas e precisamos ter atenção”, afirmou o volante Josa. Pela Série C, Cajá, de 34 anos, disputou oito jogos e marcou cinco gols. Três deles foram justamente na partida das quartas de final que garantiu o acesso ao Papo, na goleada por 4x0 contra o Imperatriz, no Alfredo Jaconi.

O Juventude se apega ao bom retrospecto em casa na Série C para levar a melhor diante do Náutico. Em 10 jogos, o time venceu seis, empatou três e perdeu apenas um, com um aproveitamento de 63,3%. Desempenho que teve grande parcela de contribuição do técnico Marquinhos Santos, contratado em março deste ano.  

Ficha técnica

Juventude

Carné; Vidal, Genilson, Sidimar e Eltinho; João Paulo, John Lennon, Aprille e Renato Cajá; Dalberto e Carlos Henrique. Técnico: Marquinhos Santos

Náutico

Jefferson; Rafael Ribeiro (Matheus Carvalho, Camutanga e Lombardi; Hereda, Josa, Jiménez, Jean Carlos e Wilian Simões; Wallace Pernambucano e Álvaro. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Local: Alfredo Jaconi (Caxias/RS)
Horário: 18h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Fabrício Vilarinho (GO) e Sidmar dos Santos Meures (MG)
Transmissão: DAZN

Leia também:
Sem Thiago e Rafael Oliveira, Dal Pozzo pode utilizar três zagueiros
Matheus revela bastidores do acesso do Náutico

veja também

comentários

comece o dia bem informado: