Jefferson pegou um pênalti no jogo
Jefferson pegou um pênalti no jogoFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) marcou a data para o julgamento envolvendo um pedido de anulação do Paysandu referente ao jogo contra o Náutico, no último dia 8 de setembro, nos Aflitos, pelo confronto da volta das quartas de final da Série C 2019. O Papão entrou com ação alegando que o árbitro do duelo, Leandro Vuaden, cometeu um "erro de direito" ao marcar a penalidade para os alvirrubros aos 49 minutos do segundo tempo, resultando no gol do Timbu e, consequentemente, no empate em 2x2 que levou a decisão da vaga à Série B para as penalidades - os pernambucanos foram superiores e conquistaram o acesso.

Os paraenses apontam que o homem do apito não considerou a nova determinação da CBF que considera legal " “se a mão ou braço estiver perto do corpo e não faça o corpo artificialmente maior”. Se confirmada a favor do Paysandu, a decisão vai impugnar o jogo da volta das quartas de final e da primeira partida da semifinal, entre Juventude e Náutico, no Alfredo Jaconi, vencida pelos gaúchos por 2x1.

Leia também:
Náutico se inspira em Icasa e Guarani para chegar à final da Série C

veja também

comentários

comece o dia bem informado: