Edno Melo (E) e Diógenes Braga (D)
Edno Melo (E) e Diógenes Braga (D)Foto: Henrique Genecy/Folha de Pernambuco

O presidente Edno Melo e o vice Diógenes Braga seguirão no comando do executivo do Náutico no biênio 2020/2021. Nesta quarta-feira, até às 20h, marcava o último dia de inscrições das chapas para as eleições da presidência e do Conselho Deliberativo do clube. Sem concorrentes registrados para disputar o mandato, a chapa da situação intitulada “Pra Cima Náutico” vai ser aclamada no 08 de dezembro, data do pleito.

"Agora é dar continuidade ao trabalho, com pés no chão. Vamos manter a reestruturação do clube, a competitividade no futebol, como fizemos nos últimos anos", afirmou o presidente alvirrubro.

Leia também:~
Prazo de inscrição de chapas para eleição no Náutico é estendido
Gestão do Náutico lança chapa para reeleição

Edno é o único presidente do executivo alvirrubro, desde Ricardo Valois, em 2007, a ser reeleito para o cargo. Em 2015, o mandatário foi derrotado na sua primeira candidatura, quando Marcos Freitas venceu o pleito pela diferença de dez votos. Curiosamente, dois anos depois, estava solitário na disputa e também venceu por aclamação.

A parceria de Edno e Diógenes encerrou o jejum alvirrubro de 13 anos sem títulos através da conquista do Campeonato Pernambucano 2018. Neste ano, resgatou o estádio dos Aflitos, após a conturbada passagem do clube pela Arena de Pernambuco durante quatro temporadas. Além disso, alcançou o acesso à Série B, e de quebra, levantou a taça da Série C.

Conselho Deliberativo
Três chapas foram inscritas para as eleições do Conselho Deliberativo, que terá nova composição no quadriênio 2020-2023: Alexandre Carneiro (representando a situação), Raphael Gazzaneo e Newton Morais.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: