Basquete

NBA planeja temporada com menos jogos e fim antes da Olimpíada

A ideia dos organizadores é liberar os atletas para a participação nos Jogos Olímpicos que acontecerão no Japão

Lakers é o campeão da temporada 2019/2020 da NBALakers é o campeão da temporada 2019/2020 da NBA - Foto: David Dow / NBAE / Getty Images / Getty Image

A próxima temporada da NBA, liga de basquete profissional dos EUA, deve começar antes do Natal e encerrar antes da Olimpíada de Tóquio, prevista para acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021. Além disso, a competição teria 72 jogos, dez a menos que o normal, segundo os sites americanos The Athletic e ESPN.

A ideia dos organizadores é liberar os atletas para a participação nos Jogos Olímpicos que acontecerão no Japão. Por isso o campeão deve ser conhecido antes de 23 de julho.

Outro ponto discutido é o retorno dos jogos nas cidades dos mandantes, e não em um lugar como base, como aconteceu no fim da temporada 2019/2020, quando as partidas foram realizadas em Orlando por conta da pandemia de covid-19. A expectativa é que o anúncio oficial aconteça até o dia 30 de outubro.

A NBA já anunciou que realizará seu draft, como é chamado o processo de escolha de novos jogadores, de forma virtual neste ano, devido à pandemia.

A organização segue o exemplo de outras ligas do país, que também se viram obrigadas a organizar seus eventos à distância, como a NFL, de futebol americano, e a WNBA, de basquete feminino.

O evento, no qual as 30 equipes selecionam os melhores talentos do basquete universitário e do exterior, está marcado para 18 de novembro, pela primeira vez nos estúdios da ESPN em Bristol, Connecticut.

Veja também

Brasileira nada mais de 30 horas ininterruptas e bate recorde mundial
Natação

Brasileira nada mais de 30 horas ininterruptas e bate recorde mundial

Corinthians confirma contratura muscular de Cássio, que inicia tratamento
Futebol

Corinthians confirma contratura muscular de Cássio, que inicia tratamento