A-A+

NBA: Wade e Nowitzki se despedem das quadras

Lendas do basquete pararam de jogar no mesmo dia e devem ser eternizados em suas franquias

Dirk Nowitzki na última partida carreiraDirk Nowitzki na última partida carreira - Foto: Darren Carroll / NBAE / Getty Images / AFP

Os fãs de basquete acordaram mais triste nesta quinta-feira (11). Isso porque na noite desta quarta-feira (10), as lendas Dirk Nowitzki e Dwyane Wade se despediram da NBA. Eles são os maiores cestinhas do Dallas Mavericks e Miami Heat, respectivamente. Além de serem dois dos maiores nomes da história da liga.

Ambos se enfrentaram em duas finais, com uma vitória para cada lado. Em 2006 O Miami Heat, de Wade e Shaquille O’neal derrubou por 4x2 o Dallas Mavericks do alemão. Naquela época o americano estava em sua terceira temporada e foi escolhido o MVP das finais. Além disso ele era conhecido por “flash”, pela sua velocidade nas infiltrações.

Mas em 2011 veio o troco do Mavs, que tinha um time mais experiente. Dessa forma, Jason Kidd e Dirk Nowitzki conduziram a equipe ao primeiro e único título da franquia, em uma vitória por 4x2 na série. O alemão também foi escolhido o MVP das finais. Do outro lado eles tinham o primeiro ano do “Big Three” de Miami, com LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh.

Nowitzki se aposentou como o sexto maior pontuador de todos os tempos na NBA. Atrás apenas de Michael Jordan, LeBron James, Kobe Bryant, Karl Malone e Kareem Abdull-Jabbar. O alemão também conquistou o prêmio de MVP da NBA, na temporada 2006-2007. Além disso, o ala-pivô optou por várias vezes não receber o topo salarial, assim abrindo espaço financeiro para outros jogadores (na NBA há um topo de gastos igual para cada equipe e jogador).

Leia também:
Estão definidos os playoffs da NBA. Veja os confrontos
Magic volta aos playoffs da NBA depois de sete anos


Durante suas 17 temporadas na NBA, Dwyane Wade levou 3 anéis. O primeiro já citado, sendo ele o Franchise Player (jogador da franquia). No entanto, com a chegada de LeBron e Bosh, o Flash aceitou dividir os holofotes. Dessa forma, ele levou os dois outros anéis em 2011-2012 e 2012-2013. Além disso, o ala-armador foi bicampeão olímpico (2008 e 2012).

Veja também

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena
Náutico

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C
Série C

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C