Neymar faz quatro em goleada de 8x0 do PSG no Francês

Brasileiro foi o astro do jogo, marcando gols e dando duas assistências -uma para Di María e outra para Mbappé

Cavani, atacante uruguaio do PSGCavani, atacante uruguaio do PSG - Foto: AFP

O PSG precisou apenas do primeiro tempo para garantir sua 18ª vitória no Campeonato Francês. A equipe de Neymar goleou o Dijon por 8x0, nesta quarta-feira (17), em duelo da 21ª rodada da competição. Neymar foi o astro do jogo, marcando quatro gols (quarto, quinto, sexto e oitavo) e dando mais duas assistências -uma para Di María e outra para Mbappé. Di María ainda fez outro gol e serviu Cavani para mais um.

Foi a maior goleada do líder do Francês na temporada e a primeira vez em que ele chegou a oito gols em um só jogo. O resultado levou o PSG aos 56 pontos no Campeonato Francês, 11 a mais que o Lyon, segundo colocado. Com a derrota para o time parisiense, o Dijon ficou na 11ª colocação, dois pontos atrás do Caen.

O Paris Saint-Germain precisou de apenas 4 minutos para abrir o placar. Di María recebeu um passe de letra de Draxler, ajeitou para a canhota na entrada da área e bateu cruzado, fora do alcance de Reynet.

Sem ser ameaçado, o time da casa ampliou onze minutos depois. Lo Celso conseguiu o desarme logo na saída de bola do Dijon e acionou Cavani. O uruguaio devolveu, mas o meia argentino fez um corta-luz para que Neymar recebesse em velocidade. O brasileiro tentou tirar do goleiro em uma cavadinha e ia mandar para fora, porém Di María acompanhou a jogada e completou para as redes, fazendo o segundo do PSG.

Aos 21, Di María disparou pela direita e serviu Cavani para o terceiro gol. O uruguaio entrou para a história do PSG com a cabeçada no contrapé de Reynet. O centroavante uruguaio anotou seu 156º gol com a camisa do time parisiense e igualou Zlatan Ibrahimovic no topo da lista de artilheiros do clube. Cavani atingiu a marca em sua 226ª partida, enquanto o sueco alcançou tal número em 180 jogos.

Neymar não fazia seu melhor jogo pelo PSG até balançar as redes de falta no final do primeiro tempo. Individualista, ele somava uma assistência acidental para Di María, que evitou que uma finalização do brasileiro saísse pela linha de fundo. Na etapa complementar, no entanto, o camisa 10 começou a sobrar.

Neymar foi oportunista para fazer o quinto gol do PSG na partida, aproveitando erro da zaga adversária, e anotou uma pintura aos 28 minutos, uma arrancada em que deixou a defesa inteira adversária para trás. Quatro minutos depois, serviu Mbappé para o sétimo gol do PSG. Aos 38, fechou a conta em cobrança de pênalti.

Veja também

Bélgica, Alemanha e Holanda querem sediar Mundial Feminino de 2027
Copa do Mundo

Bélgica, Alemanha e Holanda querem sediar Mundial Feminino de 2027

Sport: quatro derrotas seguidas repetem números de 2018
Futebol

Sport: quatro derrotas seguidas repetem números de 2018