Neymar pode perder duelo com a Argentina e desfalcar PSG na Champions

A nova lesão ratifica o pesadelo físico de Neymar neste segundo semestre

Seleção segue sequência sem vitórias. Neymar saiu de campo machucado.Seleção segue sequência sem vitórias. Neymar saiu de campo machucado. - Foto: Roslan Rahman / AFP

Neymar vai ficar quatro semanas longe do futebol. O diagnóstico de lesão grau dois na coxa esquerda novamente afastará o craque de partidas importantes e compromissos relevantes, tanto pelo Paris Saint-Germain quanto possivelmente pela seleção brasileira. A princípio, o jogador já é dúvida para a próxima data Fifa, marcada para o meio de novembro, e pode ficar fora do confronto de maior rivalidade para a equipe de Tite.

Com a ausência de um mês para realizar tratamento, o camisa dez da seleção deve desfalcar o Brasil no clássico contra a Argentina, marcado para o dia 15 de novembro, na Arábia Saudita. O duelo contra a Coreia do Sul, dia 19, nos Emirados Árabes, é outro que também provavelmente não terá a presença do principal jogador de futebol do país pentacampeão mundial.

Leia também:
Neymar ficará quatro semanas fora dos gramados
Cardiff vai apelar contra decisão da Fifa no caso Sala
Brasil sub-23 perde para o Japão em amistoso na Arena PE

A nova lesão ratifica o pesadelo físico de Neymar neste segundo semestre. Depois de romper o ligamento do tornozelo direito em amistoso contra o Qatar, o atacante acabou cortado e apenas acompanhou o título da Copa América como espectador. No quarto amistoso pós-conquista, diante da Nigéria em Cingapura, veio um problema muscular que pode tirá-lo dos últimos compromissos de 2019 com a camisa verde-amarela.

O PSG também sofre com os problemas físicos da principal estrela. Nesta temporada, Neymar só soma cinco partidas disputadas pelo clube, todas pelo Campeonato Francês. A lesão interrompe o bom início de campanha. Além dos quatro gols anotados pelo time, com participação decisiva em três vitórias por 1 a 0, Neymar assumiu um papel de liderança no Paris Saint-Germain, especialmente pelo crescimento do número de jogadores com espanhol fluente.

Aos poucos, o jogador parecia contornar a crise de relação com os torcedores, principalmente os irritados organizados, ainda magoados com a postura do camisa dez no mercado de transferência. A nova lesão, portanto, interrompe a sequência positiva apresentada antes da data Fifa.

Caso retorne aos gramados no período divulgado, o camisa 10 vai perder mais seis partidas pelo PSG. Pelo torneio local, Neymar fica fora dos jogos contra Nice (fora), Olympique de Marselha (casa), Dijon (fora) e Brest (fora).

O craque ainda deve perder os dois compromissos contra o Club Brugge pela Liga dos Campeões. O atacante não estreou no principal torneio europeu, que segue como o grande objetivo da diretoria.

CONFIRA O MÊS QUE PODE SER INTEIRAMENTE PERDIDO POR NEYMAR:
Nice (fora), 18/10 - Francês
Brugge (fora), 22/10 - Liga dos Campeões
Olympique (casa), 27/10 - Francês
Dijon (fora), 01/11 - Francês
Brugge (casa), 06/11 - Liga dos Campeões
Brest (fora), 09/11 - Francês
Argentina (Arábia Saudita), 15/11 - Amistoso
Coreia do Sul (Emirados Árabes), 19/11 - Amistoso

Veja também

COB lança exposição para celebrar os 300 dias que restam para as Olimpíadas
Jogos de Tóquio

COB lança exposição para celebrar os 300 dias que restam para as Olimpíadas

Em Roland Garros, Nadal mira igualar Federer, com Djokovic e Thiem à espreita
Tênis

Em Roland Garros, Nadal mira igualar Federer, com Djokovic e Thiem à espreita