A-A+

Niki Lauda recebe alta após transplante pulmonar

Ex-piloto austríaco tem 69 anos enfrenta problemas de saúde desde 1976, quando sofreu um acidente na Fórmula 1

Lauda correu por cinco equipes durante a carreiraLauda correu por cinco equipes durante a carreira - Foto: Erwin Sheriau/APA/AFP

O tricampeão mundial de Fórmula 1 Niki Lauda deixou nesta quarta-feira o Hospital Geral de Viena (AKH) depois de ser submetido, no início de agosto, a um trasplante pulmonar de emergência. Segundo o comunicado médico, a lenda da Fórmula 1 pôde voltar para a casa em um bom estado geral. "Niki Lauda deve ainda ser submetido a um programa intensivo de recuperação médica de várias semanas", acrescenta o AKH.

Leia também:
Com doença grave, Niki Lauda faz transplante de pulmão
Transplante em Niki Lauda é bem-sucedido

O ex-piloto austríaco, de 69 anos e que sofreu um grave acidente durante uma corrida em 1976, foi operado de emergência em 2 de agosto depois de complicações resultantes de uma infecção pulmonar. Geralmente presente nos circuitos da F1 como presidente não-executivo da equipe Mercedes, o Niki Lauda não frequenta o paddock desde meados de julho.

Em agosto de 1976, Lauda permaneceu por cerca de um minuto no cockpit de seu veículo em chamas durante o Grande Prêmio da Alemanha. Desde então, ele sofria de problemas derivados dos gases tóxicos inalados e sofreu dois transplantes renais em 1997 e 2005. Lauda foi campeão do mundo da Fórmula 1 em 1975, 1977 e 1984.

Veja também

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra
Futebol

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves
Futebol

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves