No Maranhão, Uninassau vence o Sampaio Corrêa

Equipe pernambucana superou as atuais campeãs da Liga de Basquete Feminino por 72x59

 Solicitação da agenda foi requerida pelo vereador Marcelo Gomes (PSB) Solicitação da agenda foi requerida pelo vereador Marcelo Gomes (PSB) - Foto: Divulgação

Depois de diversos imprevistos envolvendo a quadra do Ginásio Castelinho, o que gerou o adiamento da partida, originalmente marcada para a noite de segunda-feira, Sampaio Corrêa/MA e Uninassau/PE, finalmente, fizeram o primeiro jogo da segunda rodada da Liga de Basquete Feminino, no final da manhã desta terça-feira.

Diante das atuais campeãs nacionais, as meninas da Uninassau não se intimidaram. Fizeram um duelo equilibrado no primeiro tempo e deslancharam na segunda metade da partida, vencendo por 72x59 (parciais de 12x11, 14x12, 24x12 e 22x24). O terceiro quarto foi um diferencial em prol da Uninassau, que abriu uma vantagem confortável e pôde somente administrar o resultado no período final, que, inclusive, foi o único no qual pontuou menos que as adversárias.

Os destaques da partida foram as veteranas pivôs Gil, com 18 pontos marcados, e Kelly, que conseguiu dez rebotes. Pelo lado do Sampaio, a cestinha foi a armadora Tainá Paixão, que passou pelo Recife nas duas últimas temporadas, com 20 pontos e nove rebotes, chegando perto do double-double.

"Houve uma perda de concentração em ambas as equipes depois de todos os percalços antes do jogo, tanto que os dois primeiros períodos foram bem truncados, não fluíram. Mas ao decorrer da partida, com as mexidas, nosso time produziu mais. É sempre bom vencer fora de casa, o resultado foi muito bom", comentou o técnico pernambucano, Roberto Dornelas.

Sampaio Corrêa e Uninassau Basquete voltam a jogar nesta quarta-feira, na segunda partida da rodada. O confronto está previsto para as 20h (horário do Recife). 

Veja também

Guardiola critica Superliga: 'não é esporte'
Futebol

Guardiola critica Superliga: 'não é esporte'

Fifa avisa sobre 'consequências' aos clubes da Superliga europeia
Futebol

Fifa avisa sobre 'consequências' aos clubes da Superliga europeia