Campeonato Pernambuco

No primeiro Clássico das Multidões com duas torcidas após 3 anos, Sport e Santa se enfrentam na Ilha

Duelo acontecerá pela 11ª rodada do Campeonato Pernambucano. Tricolor busca vaga no G6, enquanto Leão tenta consolidar liderança

Ilha do Retiro, estádio do SportIlha do Retiro, estádio do Sport - Foto: Bruno Lima/Divulgação

Dia 7 de março de 2020. Esta foi a última vez que Sport e Santa Cruz se enfrentaram com as duas torcidas presentes no estádio. Na ocasião, o Rubro-negro venceu o Tricolor por 1x0, na Ilha do Retiro, pela Copa do Nordeste. Agora, três anos depois, a competição é outra, mas os rivais voltam a se encontrar no mesmo palco com expectativa de bom público. Neste sábado (11), às 16h30, Leão e Cobra Coral se encaram em duelo válido pela 11ª rodada do Campeonato Pernambucano.

Para os donos da casa, que somam 24 pontos, o embate pode servir para consolidar ainda mais a boa fase. Já para o clube do Arruda, o resultado positivo é essencial para as pretensões no certame. Um revés complica o Santa na busca por calendário em 2024. 

Desde a vitória rubro-negra no último clássico com torcida, Sport e Santa se enfrentaram em outras quatro oportunidades. O equilíbrio tomou conta dos confrontos: um resultado positivo para cada lado e dois empates. Agora, apesar de o Leão viver momento superior, o técnico Enderson Moreira descartou qualquer vantagem.

"O favoritismo entre dois grandes rivais inexiste, apesar de ter classificações e pontuações diferentes. Nossa preparação é para um jogo difícil, um time que tem feito bons jogos, conquistado bons resultados. O clássico precisa ser disputado com muita concentração e energia", enfatizou. 

Para a partida, o Sport terá força máxima. Expulso no meio de semana contra o Sergipe, Sabino poderá atuar perante o Santa. Assim como Enderson Moreira. O treinador recebeu o vermelho diante do Gipão, mas também estará à beira do gramado neste sábado. Ambos cumprirão suspensão no Clássico das Multidões do próximo final de semana, válido pelo Nordestão. 

Pelo lado coral, Ranielle Ribeiro vai enfrentar o Sport pela primeira vez como técnico em sua carreira. O treinador, inclusive, se mostrou ansioso para dirigir o Santa no clássico que envolve as duas maiores torcidas do Estado.

"Estou ansioso. Todo e qualquer profissional de futebol gosta de desafios, respira disputar um clássico. Isso traz uma repercussão positiva em caso de vitória. Eu me sinto tranquilo e esperançoso para fazermos um grande jogo no sábado", contou. 

Visando a montagem do time, o treinador contará com o retorno de Alemão na zaga. No meio da semana, o zagueiro não entrou em campo por cumprir suspensão na Copa do Nordeste. Na cabeça de área, no entanto, há uma dúvida. Daniel Pereira deixou o gramado contra o Ferroviário com dores na coxa direita e tem presença incerta na Ilha. No Presidente Vargas, João Erick foi acionado em seu lugar. Uma novidade é o meia Chiquinho. Anunciado pelo Santa na última sexta, o jogador foi regularizado e deve iniciar o clássico no banco de reservas. 

Ficha técnica

Sport
Renan; Eduardo, Thyere, Sabino e Igor Cariús; Ronaldo, Fabinho e Jorginho; Labandeira, Luciano Juba e Vagner Love. Técnico: Enderson Moreira. 

Santa Cruz
Michael; Jefferson Feijão, Alemão, Ítalo Melo e Marcus Carioca; João Erick, Arthur, Marcelinho e Felipe Gedoz; Lucas Silva e Pipico. Técnico: Ranielle Ribeiro. 

Estádio: Ilha do Retiro (Recife/PE)
Horário: 16h30
Árbitro: Deborah Cecília 
Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Júnior e José Romão da Silva Neto
Transmissão: TV Globo e Nosso Futebol.

Veja também

Vettel faz tributo a Ayrton Senna no GP da Itália; o alemão dirigiu o último carro que Senna usou
Homenagem

Vettel faz tributo a Ayrton Senna no GP da Itália; o alemão dirigiu o último carro que Senna usou

Após derrota do Sport, Soso evita falar de arbitragem, mas lamenta resultado
Sport

Após derrota do Sport, Soso evita falar de arbitragem, mas lamenta resultado

Newsletter