Santa Cruz

No Santa, Conceição minimiza substituição de Pipico e nega "perseguição" a Chiquinho

Treinador coral substituiu o camisa 9 pelo meia no intervalo da vitória coral sobre o Globo

Felipe Conceição, técnico do Santa CruzFelipe Conceição, técnico do Santa Cruz - Foto: Evelyn Victoria/SCFC

A vitória sobre o Globo-RN na noite da última quarta-feiria (14) poderia ter sido encaminhada de forma mais tranquila para o Santa Cruz. Principalmente pelas diversas oportunidades perdidas no primeiro tempo. Lances que irritaram a torcida e fizeram os tricolores presentes no Arruda pedir a presença de Chiquinho em campo no segundo tempo, além de entoar gritos de "burro" para o técnico Felipe Conceição

Atendendo o pedido da torcida, o treinador lançou o camisa 10 na volta do intervalo. No entanto, na vaga de Pipico. A substituição voltou a despertar a ira dos torcedores no estádio, mas no final das contas acabou surtindo efeito. Foi de Chiquinho a assistência para Emerson Galego abrir o placar. 

Durante a coletiva depois da partida, Conceição foi questionado sobre o motivo de ter usado pouco Chiquinho nos últimos jogos. Antes de voltar a ser utilizado por 23 minutos contra o Globo-RN, no confronto em Ceará-Mirim, o jogador havia ficado na reserva diante de Sousa-PB e Pacajus, respectivamente.  

"O Chiquinho é importante, Pipico é importante, todos são, todos contribuem, ajudam a construir as vitórias. Ele é um atleta que não consegue recompor tão bem na idade que tem hoje, mas pode ajudar como fez", começou.

"Não tem perseguição a ninguém. São coisas que estão criando, mas que ali dentro está todo mundo se respeitando, trabalhando, e vou colocando na hora que achar que vai ajudar a equipe". 

Sobre uma possível insatisfação de Pipico ao ser substituído no intervalo, Conceição encarou a situação com naturalidade. "É normal, nenhum atleta vai gostar de sair do jogo. Eu não vi, mas é a reação de um líder. Qualquer atleta quer continuar jogando, a gente toma as decisões e elas foram tomadas. Nada a aprofundar sobre isso", relatou.

Na tarde desta quinta-feira (15), o elenco coral se reapresenta para dar início aos trabalhos visando mais uma partida da Série D. No sábado (17), o Tricolor vai visitar o Pacajus, às 19h, no Ronaldão, em confronto válido pela 9ª rodada. Os cearenses ocupam a segunda colocação, com três pontos a menos que os pernambucanos.   

Veja também

Em jogo morno, Sport empata com Ceará, no Castelão, mas segue no G4 da Série B
Série B

Em jogo morno, Sport empata com Ceará, no Castelão, mas segue no G4 da Série B

Argentina vence Canadá em abertura da Copa América 2024
Futebol

Argentina vence Canadá em abertura da Copa América 2024

Newsletter