Futebol

Nos Aflitos, Náutico recebe nesta sexta-feira a Chapecoense de olho no G4

Jogo às 21h30 é válido pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2020

Jean Carlos comemora golaço em vitória do NáuticoJean Carlos comemora golaço em vitória do Náutico - Foto: Caio Falcão / Náutico

Leia também

• Gimenez se despede do Náutico antes de estrear

• Caso Dal Pozzo: Justiça acata pedido do Náutico e cassa liminar do treinador

• Remo demonstra interesse em Salatiel, do Náutico

A percepção dos atletas e da torcida sobre a evolução do Náutico após a chegada do técnico Gilson Kleina é ratificada pelos números. Com ele, o Timbu tem aproveitamento semelhante ao líder da Série B do Campeonato Brasileiro, o Paraná (66%). Em cinco jogos sob novo comando, venceu três, empatou um e perdeu outro. Antes do técnico, a equipe tinha feito apenas dois gols. Média de 0,5. Ocupava a 16ª posição, com apenas três pontos. Depois, balançou as redes 10 vezes (dois por compromisso). Está em nono, com 13 pontos. Três a menos que o primeiro integrante do G4, Chapecoense (4º, com 16). Justamente o adversário desta sexta (18), às 21h30, nos Aflitos, pela 10ª rodada do torneio. Hora de engatar um triunfo para que as primeiras boas impressões permaneçam.

Curiosamente, esse será o primeiro jogo entre as equipes na história. Em compensação, será o terceiro encontro entre os treinadores do Náutico, Gilson Kleina, e da Chapecoense, Umberto Louzer. Nos outros dois, o atual comandante alvirrubro levou a melhor. Os duelos foram pela Série B 2019. Kleina ganhou por 2x1, quando estava no Criciúma, e por 1x0, pela Ponte Preta. Em ambos os casos, Louzer estava no Coritiba.

O treinador ganhou nesta semana os retornos de um quarteto que estava treinando em separado, após “furar” o isolamento social para participar de um evento com aglomeração. Os zagueiros Camutanga e Diego Silva, além dos atacantes Kieza e Thiago só voltaram aos trabalhos após testarem negativo para a Covid-19. 

Camutanga, porém, não estará em campo, já que cumpre o segundo jogo de suspensão por conta da expulsão perante o Juventude. A zaga alvirrubra será mantida com Fernando Lombardi e Rafael Ribeiro. Já Kieza, que não joga desde o início de agosto após sofrer uma lesão muscular na coxa esquerda, deve ficar como opção no banco de reservas. 

Um dos trunfos dos pernambucanos para conseguir o resultado positivo pode ser a repetição do time titular, algo que ainda não aconteceu na temporada. “É muito importante repetir o time porque isso dá sequência, conseguindo entrosamento, com trabalho coletivo forte. Os atletas começam a entender como o outro pensa, o melhor movimento, as características. Tem jogador que gosta de receber a bola no espaço, outro no pé, uns com enfrentamento, outros com jogo apoiado”, afirmou.

Ficha técnica

Náutico

Jefferson; Hereda, Fernando Lombardi, Rafael Ribeiro e Willian Simões; Rhaldney, Jhonnatan, Jorge Henrique e Jean Carlos; Erick e Paiva. Técnico: Gilson Kleina

Chapecoense

João Ricardo; Ezequiel, Joilson, Luiz Otávio e Rafael Santos; Willian Oliveira, Anderson Leite, Aylon e Matheus Ribeiro; Anselmo Ramon e Paulinho. Técnico: Umberto Louzer.

Local: Aflitos (Recife/PE)
Horário: 21h30
Árbitro: Adriano Barros Carneiro (CE). Assistentes: Cleberson do Nascimento Leite e Eleutério Felipe Marques Junior (ambos do CE)
Transmissão: Premiere FC

Veja também

Na estreia de Cavani no Inglês, Manchester United e Chelsea empatam
Futebol

Na estreia de Cavani no Inglês, Manchester United e Chelsea empatam

Com lesão no tendão, Agüero é baixa no Manchester City
Futebol

Com lesão no tendão, Agüero é baixa no Manchester City