O setor defensivo do Santa em números

Tricolor tem a defesa mais vazada do Brasileirão

Deputado federal Augusto Coutinho (SD-PE) será o líder de seu partido em 2019Deputado federal Augusto Coutinho (SD-PE) será o líder de seu partido em 2019 - Foto: Divulgação

É verdade que o desempenho do Santa Cruz no final do segundo turno tem sido ruim. Muito desta queda de produção em relação à primeira metade do Brasileirão se deve à fragilidade de sua defesa. Mesmo com a dança das cadeiras no comando técnico, o rendimento do setor defensivo tricolor não melhorou. Ao menos é o que mostram os números.

O time coral sofreu 57 gols em 31 jogos na competição, sendo, isoladamente, a defesa mais vazada. O segundo e o terceiro piores times neste quesito, América/MG e Chapecoense, sofreram 50.

Em compensação, por exemplo, a equipe de Chapecó possui o 5º melhor ataque do Brasileirão, com 43 gols marcados, enquanto que o Santa é o 14º com 36. A média de vezes em que os chutes do adversário balançaram as redes tricolores é assustadora: 1,78 gols por jogo.

Outro ponto a se destacar é que quase todas as partidas do clube coral no Brasileirão, a rede balançou. Em 32 rodadas no campeonato, a equipe não tomou gol em apenas cinco jogos. A última vez que o setor defensivo tricolor não foi vencido foi no dia 14 de setembro, contra o Atlético Paranaense, pela 25ª rodada do Brasileirão. O Santa venceu o jogo por 1x0.

Talvez isso possa ser explicado também pela quantidade de combinações diferentes usadas na defesa. Sete jogadores foram utilizados na posição de zagueiro durante o campeonato brasileiro: Luan Peres, Alemão, Allan Vieira, Walter, Wellington, Danny Morais e Néris. Estes dois últimos foram os mais utilizados, atuando juntos em 18 partidas, totalizando 33 gols sofridos.

Com tantas mudanças em busca de um acerto para melhorar o desempenho do Santa, a sintonia perfeita ainda não foi achada no ano de 2016. O ataque também caiu de rendimento, e o meio campo deixa a defesa mais desprotegida. Com a saída de Doriva, muito ainda há de ser arrumado na "casa tricolor", pensando já em 2017.

Fonte das estatísticas: Footstats

Veja também

Reunião da CBF tem bate-boca e Flamengo pedindo volta de torcida
Futebol

Reunião da CBF tem bate-boca e Flamengo pedindo volta de torcida

Perí é regularizado e pode estrear pelo Santa Cruz
Futebol

Perí é regularizado e pode estrear pelo Santa Cruz