Oito brasileiros estreiam nas duplas do Rio Open

O grande destaque vai pelos jogos das duplas Bruno Soares/Jamie Murray e Marcelo Melo/Lukasz Kubot

Bellucci durante o ATP 250 de Quito, no EquadorBellucci durante o ATP 250 de Quito, no Equador - Foto: Facebook/ATP 250 de Quito

Depois do começo da competição de simples no Rio Open 2017, é a vez das duplas entrarem em quadra na maior competição de tênis da América do Sul. E nesta quarta-feira (22), a partir das 16h30, serão oito brasileiros no saibro da quadra 1.

A dupla formada pelo brasileiro Bruno Soares e pelo britânico Jamie Murray, campeã de dois Grand Slams em 2016 e que terminou a temporada como a melhor do mundo, enfrentará o brasileiro Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell no terceiro jogo da quadra 1.

Jamie, irmão do número 1 do mundo Andy Murray, está treinando desde quinta-feira passada nas quadras do Jockey Club Brasileiro com Bruno, para se adaptar às condições do Rio e ao piso de saibro. Eles não jogavam nesta superfície desde Roland Garros, em junho do ano passado. "Nosso começo de temporada foi decepcionante, mas é um longo ano com muitos torneios para jogar e vamos tentar começar a vencer aqui", disse Murray.

Outro que também faz sua estreia é o brasileiro Marcelo Melo, campeão da chave de duplas de Roland Garros 2015, e seu novo parceiro no circuito, o polonês Lukasz Kubot, campeão do Australian Open 2014. Melo e Kubot pegam os brasileiros Feijão e Fabrício Neis, no segundo jogo do dia. Marcelo também ainda não foi campeão do Rio Open e veio com sua nova dupla para buscar o feito. Neste ano, eles alcançaram as oitavas do Australian Open

Além de Melo e Soares, em outro jogo, a dupla duas vezes campeã do Rio Open, em 2014 e 2016, formada pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah enfrenta os brasileiros Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro, às 16h30, na quadra 1. Fechando o dia da quadra 1, o veterano André Sá e seu parceiro no Rio Open, o espanhol Tommy Robredo, pegam os argentinos Diego Schwartzman e Andres Molteni.

Veja também

Santa volta a jogar mal, perde para o Cianorte/PR e é eliminado da Copa do Brasil
Copa do Brasil

Santa volta a jogar mal, perde para o Cianorte/PR e é eliminado da Copa do Brasil

Sem jogar, Pia valoriza treinos, mas vê próxima data Fifa como crucial
Futebol Feminino

Sem jogar, Pia valoriza treinos, mas vê próxima data Fifa como crucial