FUTEBOL

'Olho no lance!': Relembre os bordões históricos do narrador Silvio Luiz

Locutor morreu nesta quinta-feira, após ser hospitalizado por complicações de um derrame; ele estava intubado e em coma induzido

Silvio Luiz morre aos 89 anosSilvio Luiz morre aos 89 anos - Foto: Divulgação

"Pelas barbas do profeta!". Um dos narradores mais famosos do Brasil, Silvio Luiz morreu nesta quinta-feira (16), aos 89 anos, em São Paulo. Voz marcante no futebol brasileiro, o jornalista fez sucesso com seus bordões clássicos. Internado no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, o locutor havia sido hospitalizado na última quarta-feira e precisou ser sedado devido a um problema nos rins.

Silvio Luiz havia sofrido um derrame durante uma transmissão ao vivo na Record, e havia recebido alta depois do incidente. No entanto, o locutor precisou retornar ao hospital com complicações e problemas nos rins. Na nova internação, iniciada na última quarta-feira, ele precisou ser intubado e mantido em coma induzido.

Apesar do problema, Silvio Luiz não podia fazer hemodiálise — tratamento realizado em pacientes com insuficiência renal —, devido à fragilidade decorrente da idade avançada. Em comunicado, o hospital confirmou a morte do narrador.

Bordões históricos

Em suas narrações de jogos históricos, Silvio Luiz marcou o futebol com seus bordões inesquecíveis. Durante sua extensa carreira no jornalismo esportivo, ele imortalizou ao menos 10 frases, que marcaram e mudaram o rumi das narrações do esporte brasileiro.

Relembre alguns bordões clássicos do narrador:

"Olho no lanceeeee!"
"Pelo amor dos meus filhinhos"
"Pelas barbas do profeta"
"Foi, foi, foi, foi, foi ele!"
"Acerte o seu aí, que eu arredondo o meu aqui"
"Bacobufo No Caterefofo"
"Azedou o Molho"
"Agora é fechar o caixão e beijar a viúva"
"Está valendo!"

Leia também

• 'Quero pedir desculpas, ouvintes, pela minha emoção': narrador chora ao noticiar morte de Apolinho

• Morre Antero Greco: canal ESPN homenageia o jornalista, comentarista da emissora por 30 anos

• Morre o narrador esportivo Silvio Luiz, aos 89 anos


Seu estilo divertido e despojado foi responsável por tornar menos sérias as transmissões de futebol no jornalismo nacional. Ao vivo, ele protagonizou o primeiro palavrão da televisão no país. Silvio participou da transmissão de seis Copas do Mundo e nove Olimpíadas, além de apresentar programas esportivos no Grupo Bandeirantes, na Record, no SBT e na RedeTV!.

Problemas de saúde

Esta havia sido a segunda internação recente de Silvio Luiz, que chegou a ser hospitalizado logo após o derrame na final do Estadual. Sua recuperação havia sido rápida, tendo recebido alta pouco tempo depois. O quadro piorou na semana passada, e ele foi encaminhado para a UTI, após apresentar problemas "físicos".

Na ocasião, o narrador deixou a transmissão logo após o segundo gol do Palmeiras na vitória por 2 a 0 sobre o Santos. Ele foi prontamente atendido pela equipe de socorristas e médicos da emissora.

Perdas no jornalismo esportivo

A morte de Silvio Luiz é a terceira no mundo esportivo desde a quarta-feira. No fim da noite de ontem, o jornalista esportivo Washington Rodrigues, mais conhecido como Apolinho, morreu, aos 87 anos de idade. Ele foi um dos maiores comunicadores da História da radiodifusão brasileira, com passagem pelas Rádios Globo e Nacional, tendo trabalhado por último como comentarista e apresentador na Tupi. Estava internado no Hospital Samaritano, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, tratando um câncer no fígado.

Nesta quinta-feira, pela manhã, também foi confirmada a morte do jornalista Antero Greco. Ele foi diagnosticado com tumor cerebral em junho de 2022, e desde então fazia tratamento para a doença. Nos últimos dias, ele permaneceu internado e sedado no Hospital Beneficência Portuguesa Mirante, na capital paulista.

O velório de Antero Greco, segundo publicação nas redes sociais, acontecerá a partir do meio-dia, nesta quinta-feira, no Cemitério Redentor, seguido pelo enterro às 16 horas, na Avenida Dr. Arnaldo, 1105, em Sumaré, São Paulo.

Veja também

Com dois a menos, Sport leva virada do Avaí no final e perde segunda consecutiva na Série B
Sport

Com dois a menos, Sport leva virada do Avaí no final e perde segunda consecutiva na Série B

Mesmo com duas derrotas consecutivas, Mazola afasta discurso de falta de confiança no elenco
SÉRIE C

Mesmo com duas derrotas consecutivas, Mazola afasta discurso de falta de confiança no elenco

Newsletter