A-A+

Libertadores

Olimpia é multado em R$ 156 mil por caso de racismo contra jogadores do Flamengo

Caso foi relatado pelo Flamengo ao delegado do jogo; Conmebol puniu equipe paraguaia, que pode recorrer

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

A Conmebol puniu o Olimpia (PAR) por ofensas racistas dirigidas por alguns torcedores em jogo contra o Flamengo, válido pelas quartas de final da Copa Libertadores.

A entidade multou os paraguaios com uma pena de 30 mil dólares (R$ 156,7 mil), mas cabe recurso. Na ocasião, Gabigol e o goleiro Gabriel Batista foram alvos. Jogadores como Matheuzinho e Rodinei rebateram os paraguaios, e o Fla relatou o caso ao delegado do jogo.

O Código Disciplinar da Conmebol prevê a punição em um de seus artigos:

"Qualquer jogador ou oficial que insulte ou atente contra a dignidade humana de outra pessoa ou grupo de pessoas, por qualquer meio, por motivos de cor de pele, raça, sexo ou orientação sexual, etnia, idioma, credo ou origem será suspenso por, no mínimo, cinco partidas ou por um período de tempo de, no mínimo, dois meses. 2. Qualquer Associação Membro ou clube cujos torcedores incorram em comportamentos descritos no parágrafo anterior será sancionado com uma multa de, pelo menos, 15 mil dólares".

Veja também

Chamusca nega desconforto no clube e diz que não é momento de fazer cálculos para o G4
Futebol

Chamusca nega desconforto no clube e diz que não é momento de fazer cálculos para o G4

No Sport, Thiago Neves estava mais atrapalhando do que ajudando
Futebol

No Sport, Thiago Neves estava mais atrapalhando do que ajudando