Olimpíada de Inverno da Juventude começa nesta quinta-feira

Evento será realizado na Suiça e contará com a presença de 12 brasileiros em seis das 14 modalidades

Taynara da Silva, atleta do biatloTaynara da Silva, atleta do biatlo - Foto: Valter França/COB

A terceira edição dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude vai reunir 1.872 atletas, de 79 países, a partir desta quinta-feira (9), em Lausanne (Suiça). Doze brasileiros vão representar o país em seis das 14 modalidades: curling, esqui cross-country, biatlo, snowboard cross, monobob e skeleton. A abertura do evento será amanhã, a partir das 16h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo Olympic Channel.

As competições começam na sexta-feira (10) e prosseguem até 22 de janeiro. De acordo com o Comitê Olímpico Internacional (COI), o número de participantes este ano cresceu aproximadamente 40% em relação ao total de atletas inscritos nos Jogos de 2016, realizados na cidade Lillehammer (Noruega). O maior número de competidores é da anfitriã Suíça (112), em segundo lugar aparecem os russos (107), e os norte-americanos (96) formam a terceira maior delegação.

Uma da principais novidades na edição de Lausanne 2020 é que, pela primeira vez na história do evento, haverá igualdade de gênero nas disputas de todas as modalidades.

Atletas brasileiros

Nesta quarta-feira (9) o Time Brasil realizou o primeiro treino em Lausanne. Taynara da Silva, de 17 anos, atleta do biatlo – modalidade que combina esqui cross country e tiro esportivo – pôde testar a pista do Les Tuffes Nordic Center, onde serão realizadas as disputas da modalidade no próximo sábado (11).

Taynara também integra as equipes do esqui cross-country e do curling, também chamado de 'xadrez do gelo', um dos esportes de inverno mais conhecidos do público brasileiro. A equipe verde e amarela do curling conta também com Gabriela Rogic Farias, Leticia Cid, Vitor Melo e Michael Velve.

O esqui cross-country é um esporte de resistência que reunirá o maior número de brasileiros: além de Taynara da Silva, o país será representado por Eduarda Ribera, Manex Silva e Rhaick Bonfim. Na modalidade bobsled, conhecida como Fórmula 1 do Gelo, o representante nacional será Gustavo Ferreira que vai competir na categoria monobob (trenó individual).

Larissa Cândido e Lucas Carvalho vão competir no skeleton, uma das modalidades mais radicais dos Jogos Olímpicos de Inverno: o atleta se lança em um trenó e desce deitado sobre ele, em alta velocidade, com a cabeça próxima à pista.

Na prova de snowboard cross – única prova sobre prancha no lugar de esqui - a delegação brasileira conta com Noah Bethonico, de apenas 15 anos. No ano passado, ele ficou em 18º lugar no Mundial Júnior de snowboard cross, em Reiteralm (Áustria).

Leia também:
Rússia é banida das Olimpíadas de Inverno por doping
Tóquio-2020: Brasil tem mais mulheres classificadas


Confira abaixo as data e horários das competições com brasileiros:

Biatlo: 11, 12, 14 e 15 de janeiro, a partir das 14h30, no Les Tuffes Nordic Center.

Curling: Equipes mistas de 10 a 16 e duplas mistas multinações de 18 a 22, a partir das 14h, no Champéry Curling Arena.

Esqui Cross Country: 18,19, 21 e 22 de janeiro, no Vallée de Joux Cross-Country Center.

Monobob: 19 e 20 a partir das 18h, no Olympia Bob Run de St. Moritz.

Skeleton: 19 e 20 a partir das 16h, no Olympia Bob Run de St. Moritz.

Snowboard cross: 20 e 21 de janeiro a partir das 15h, no Villars Winter.

Veja também

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico
Futebol

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'
Opinião

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'