Eleições

Oposição anuncia chapa de candidatura às eleições do Santa Cruz

Assembleia Geral de sócios, que decidirá a nova gestão do Tricolor para o próximo triênio, está marcada para acontecer no dia 14 de dezembro de 2020

Estádio do ArrudaEstádio do Arruda - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco

Às vésperas da partida que pode praticamente garantir a classificação à segunda fase da Série C, contra o Imperatriz/MA, a chapa de oposição Pró-Santa formalizou, na noite desta quinta-feira (29), os nomes que vão concorrer às eleições do Santa Cruz, no dia 14 de dezembro de 2020. O advogado e conselheiro do clube, André Frutuoso, assume a liderança da chapa como candidato a presidente. Ladeado por um velho conhecido pelas bandas do Arruda, Joaquim Bezerra, que, pela quarta vez em dez anos, se lança como vice-presidente do executivo coral. 

Na apresentação, o candidato ao cargo máximo do Executivo coral prometeu convocar uma assembleia geral extraordinária no primeiro dia de gestão, estabelecendo o compromisso de fazer a reforma do estatuto, com promessa de iniciá-la até 15 de janeiro de 2021.

“A  nossa missão será abrir o Santa Cruz para que volte a ser o clube do povo. Um clube que nasceu em 1914, como um clube social, que teve o primeiro negro jogando, hoje, é um clube elitista. Não existe vida para o Santa Cruz longe de seu sócio. Do mesmo jeito que ele subiu de forma meteórica, ele caiu. Vamos acabar a política de contratos sigilosos. O Santa Cruz não me pertence ou a qualquer presidente que veio ou possa vir. O dono do Santa Cruz é a vossa excelência, torcedor coral”, disse o candidato à presidência do executivo, André Frutuoso. 

Outros componentes da chapa ganharam notoriedade num passado não tão distante a partir da atuação nos bastidores, como é o caso de Mário Godoy. O ex-presidente da Comissão de Reforma do Estatuto, se juntou ao Pró-Santa para concorrer ao cargo de presidente do Conselho Deliberativo do clube, ao lado do candidato à 1° secretário do conselho, Marino Abreu, e à 2° secretária, Danielle Leal - até aqui, a única mulher no corpo diretivo da chapa (os componentes do CD tentam uma aproximação com alguns movimentos políticos/sociais do Santa para que mais mulheres sejam integradas). 

O trio que compõe candidatura para assumir a  mesa diretiva do CD foi uma indicação do movimento Intervenção Popular Coral (IPC), junto a outros movimentos que reivindicam a reforma estatutária tricolor.  
 

Entre os grupos que participaram da indicação dos nomes, estão os Tricolores do CT, que vão compor a Comissão Patrimonial do Santa Cruz, ficando à frente dos cuidados com o CT Ninho das Cobras. A comissão tem Thomaz Aquino como candidato à presidente. Em 2014, o empresário tentou se eleger como presidente do executivo do clube, mas teve sua chapa derrotada pela de Alírio Moraes, que comandou o Santa até o final de 2017. 

No Conselho Fiscal, quem tenta a vaga de presidente é o desembargador Bartolomeu Bueno, nas companhias de 
Eduardo Petribu e Edgar Assis Neto. A pretensão inicial do grupo era que Joaquim Bezerra - que foi vice-presidente do clube na gestão de Antônio Luiz Neto, entre 2010 e 2012 - fosse lançado como presidente do executivo da Cobra Coral em 2020. Contudo, por ser um dos diretores do grupo Ser Educacional, o qual integra a Nassau, foi orientado pelo conselho de educação da universidade a não se a candidatar ao cargo máximo.  

"Santa é um sentimento. Não sabemos explicar o que sentimos pelo Santa. Deixamos família e trabalho para se dedicar ao clube. Vamos reerguer esse gigante. Sabemos que é difícil, mas contamos com o voto de cada um de vocês para apoiar a chapa. É uma chapa de todos os grupos que são oposição às gestões desastrosas ao Santa. Precisamos mudar o Santa e, para isso, precisamos mudar a mentalidade, a cultura que ficou instalada lá todos esses anos", afirmou o candidato à vice, Joaquim Bezerra.

Entre as promessas, o grupo propõe a reforma e modernização do estatuto do clube, transformar da Comissão Patrimonial em uma diretoria subordinada ao executivo, além da extinção do Conselho de Administração, hoje, comandado por Antônio Luiz Neto. “Além da reforma do estatuto, convocada no primeiro dia de gestão, em até 30 dias, até o dia 15 de janeiro de 2021, nós iniciaremos a reforma da fachada do Santa Cruz, que gostaríamos de ter há dois anos”, promete Frutuoso, afirmando já ter contrato com uma empresa de engenharia que vai gerenciar as obras. 

Confira os nomes que compõem a chapa Pró-Santa:

Presidente: André Frutuoso
Vice-presidente: Joaquim Bezerra
Presidente do Conselho Deliberativo: Mário Godoy
1º secretário do conselho: Marino Abreu
2ª secretária do conselho: Danielle Leal

Presidente da Comissão Patrimonial: Thomaz Aquino

- O grupo Tricolores do CT também vai compor a comissão, ficando à frente dos cuidados com o CT Ninho das Cobras. 

Presidente do Conselho Fiscal: Bartolomeu Bueno 

Integrantes do Conselho Fiscal: Eduardo Petribu e Edgar Assis Neto. 

Veja também

Situação ideal para Jogos de Tóquio é ter torcedores, diz governadora
Olimpíadas

Situação ideal para Jogos de Tóquio é ter torcedores, diz governadora

Referência no judô, Tenório almeja 7ª medalha paraolímpica aos 50
Esportes

Referência no judô, Tenório almeja 7ª medalha paraolímpica aos 50