Oposição vai à Justiça e pode anular eleição

“Foi encerrado hoje (ontem) o período de apresentação de provas e agora vamos esperar a análise do juiz em relação ao mérito. Se for favorável, ainda caberá recurso do COB.

Humberto Costa garante que fará oposição dura, mas propositiva a Michel TemerHumberto Costa garante que fará oposição dura, mas propositiva a Michel Temer - Foto: Alessandro Dantas/ Liderança do PT

Opositor declarado da atual gestão do Comitê Olímpico Brasileiro, Alaor Azevedo não desistiu de brigar pela presidência do órgão. Ele tem um processo correndo em primeira instância no Fórum da Barra da Tijuca, no qual justifica o pedido de mais tempo para a inscrição de chapas. O documento pode, a depender das conclusões judiciais, anular futuramente o resultado da eleição de hoje.
“Foi encerrado hoje (ontem) o período de apresentação de provas e agora vamos esperar a análise do juiz em relação ao mérito. Se for favorável, ainda caberá recurso do COB.

Caso tenhamos sucesso, essa eleição será anulada e abrirá um prazo de 30 dias para a inscrição das chapas, seguido de novo pleito. Mas não há prazo para a resposta do juiz”, explicou Alaor.
Gestor da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), ele é um dos eleitores aptos a votar. E espera não ser o único contrário à permanência de Carlos Arthur Nuzman. “Algumas confederações estão descontentes há um tempo e podem externar através do voto. Por isso, acredito que poder haver outros votos contrários”, apostou.

Veja também

Santa anuncia renovação de contrato do artilheiro Pipico
FUTEBOL

Santa anuncia renovação de contrato do artilheiro Pipico

Tite convoca Allan e aguarda melhora de Neymar e Alex Telles
Seleção Brasileira

Tite convoca Allan e aguarda melhora de Neymar e Alex Telles