Futebol

Outros companheiros, outra fase: Roberto analisa fase de Jean Carlos no Náutico

Para treinador, parte da queda de rendimento do atleta se dá pela falta de entrosamento com os atuais companheiros

Jean Carlos, meia do NáuticoJean Carlos, meia do Náutico - Foto: Tiago Caldas/CNC

O gol perdido por Jean Carlos no empate em 1x1 do Náutico diante do CSA, nos Aflitos, pela Série B do Campeonato Brasileiro, foi mais um dos lances que ratificou o discurso de que o camisa 10 do clube não atravessa uma boa fase. Na opinião do técnico Roberto Fernandes, um dos motivos que pode explicar a queda de rendimento são os companheiros que o meia tem à disposição e o atual entrosamento com eles.

“Ano passado, Jean Carlos tinha outros companheiros que atravessavam uma fase melhor do que os que estão hoje aqui. Ele tinha Vinícius (hoje no Goiás), Erick (no Ceará) e ele nem era o artilheiro do time. Não posso dizer que os companheiros que estão hoje são melhores ou piores do que os antigos, mas Jean, Vinícius e Erick estavam entrosados, tendo feito muitos jogos juntos. Com os atuais, é diferente. Não acho que Jean esteja em má fase. Ele precisa de ajuda e concentração”, apontou.

Jean não marca um gol desde o dia 12 de março, na derrota do Náutico por 2x1 para o Sport, nos Aflitos, pelo Campeonato Pernambucano. Já são 14 jogos sem balançar as redes. Até as assistências estão mais raras. A mais recente foi no triunfo do Timbu por 2x0, perante o Globo, pela então primeira fase da Copa do Nordeste, no dia 19 de março. De passes para bolas na rede, o jejum é de 12 partidas.

A próxima chance de Jean acabar com um ou os dois jejuns atuais é na quinta (26), contra o Ituano, no Novelli Júnior, pela nona rodada da Série B. 

Veja também

Ceará volta a derrotar The Strongest e segue na Sul-Americana
Futebol

Ceará volta a derrotar The Strongest e segue na Sul-Americana

Náutico anuncia a contratação de Jonathas Jesus
Náutico

Náutico anuncia a contratação de Jonathas Jesus