RIO DE JANEIRO

Pau Grande, onde nasceu o jogador de futebol Mané Garrincha, vira patrimônio imaterial

Lei foi sancionada pelo governador Cláudio Castro e publicada nesta segunda-feira no D.O

Garrincha, enquanto atuava pela Seleção BrasileiraGarrincha, enquanto atuava pela Seleção Brasileira - Foto: Divulgação/CBF

O bairro de Pau Grande, também conhecido como “Terra de Mané Garrincha”, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, foi declarado Patrimônio Cultural Imaterial do estado. A Lei 10.040/23, de autoria do ex-deputado Renato Cozzolino, foi sancionada pelo governador Cláudio Castro e publicada na edição do Diário Oficial desta segunda-feira.

O bairro pertencente ao Vila Inhomirim, 6° distrito do município de Magé. O local ficou conhecido por ser a terra natal de Mané Garrincha, considerado um dos melhores jogadores da história do futebol brasileiro e mundial. O distrito se localiza aos pés da Serra dos Órgãos e possui uma cachoeira que deságua na Baía da Guanabara.

Recentemente, Magé completou 458 anos. Na ocasião, foi anunciado um pacotão de obras para revitalizar áreas importantes da cidade. O principal investimento do governo do estado previsto é o recapeamento asfáltico de diversas vias do município, ao custo de R$ 51 milhões.

No fim de maio, também foi autorizada a construção do Centro Memorial Mané Garrincha para manter viva a história do craque e sua importância no futebol.

A primeira Estação Ferroviária do Brasil também deverá ser restaurada, e o ponto turístico vai ganhar um espaço de lazer.

Veja também

Franca bate Flamengo e conquista tricampeonato do NBB
Basquete

Franca bate Flamengo e conquista tricampeonato do NBB

Brasil x Bulgária: duelo de opostos na Liga das Nações; saiba onde assistir
Vôlei

Brasil x Bulgária: duelo de opostos na Liga das Nações; saiba onde assistir

Newsletter