Esportes

PC não se vê pressionado por falta de vitórias e gols

Questionado sobre a cobrança na entrevista coletiva do Santa Cruz, PC Gusmão mudou o semblante mesmo minimizando a pressão

PC Gusmão no treino do Santa Cruz, no estádio do ArrudaPC Gusmão no treino do Santa Cruz, no estádio do Arruda - Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz

 

Nos três jogos em que PC Gusmão esteve à frente do Santa Cruz, nada de gols e nenhuma vitória. Foram dois empates e uma derrota. Questionado sobre a cobrança na entrevista coletiva, o treinador mudou o semblante mesmo não se sentindo pressionado. Não foi ríspido nas suas colocações, mas procurou responder às perguntas da imprensa de forma objetiva para minimizar o mau momento. Depois de lamentar a falta de tempo para treinar o elenco, ele ganhou uma semana inteira livre antes de enfrentar o Globo/RN, na segunda-feira (14), no Rio Grande do Norte, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. “A cobrança para qualquer um que trabalha aqui é grande como em qualquer equipe. Faz parte da nossa profissão”, afirmou.
A rotina de trabalhos da semana no Arruda foi marcada por rodas de bobinho, atividades técnicas de posse de bola, treinos de finalização e de cobranças de falta, além de coletivos. Assim como o grupo, PC Gusmão atribui a seca de gols a falta de criação da equipe. Para ele, o maior calo é a armação das jogadas. Como a bola não chega com qualidade, os atacantes se queixam que têm sofrido. Inclusive, o centroavante Robert já havia reclamado do aproveitamento dos meio-campistas. Durante a semana, os jogadores do setor ofensivo participaram do treino de finalização e de cobranças de falta.
"Procuramos trabalhar dentro das necessidades do time. Fazer gols, a gente quer fazer sempre. Principalmente no último jogo (contra o Remo), nos precipitamos na tomada de decisão, principalmente na penúltima bola. Estávamos ansiosos. Poderíamos servir melhor o companheiro. Mas a gente conversou durante a semana sobre essa tomada de decisão principalmente fora de casa para que haja essa melhora”, comentou o técnico.
Na estreia de PC Gusmão no comando, o Santa não saiu do empate sem gols com o ABC/RN, na Arena de Pernambuco, pela terceira rodada da Série C. Depois, perdeu para o mesmo adversário por 1x0, no estádio Frasqueirão, em Natal, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste. No último sábado, ficou no 0x0 com o Remo/PA, no Mangueirão, em Belém, pela quarta rodada do nacional. Na entrevista coletiva, o treinador ainda lembrou da vitória sobre o Atlético/AC pelo placar de 3x1, no Arruda, mas, na ocasião, ele assistiu ao jogo dos camarotes do estádio. Quem assumiu o time interinamento foi o auxiliar técnico Adriano Teixeira, que esteve à beira do gramado naquele jogo.

Leia também: 

Santa prega controle de ansiedade e equilíbrio com PC Gusmão 

PC Gusmão é cobrado pela torcida e promete melhora do Santa 

Escalação do Santa Cruz é mantida pelo técnico PC Gusmão  

Santa ganha novas dúvidas, volta de Robert e mais novidades 

 

Veja também

Alcaraz começa arrasador em Roland Garros, Ons Jabeur e Muguruza são eliminadas
Tênis

Alcaraz começa arrasador em Roland Garros, Ons Jabeur e Muguruza são eliminadas

100% em casa, Sport recebe o CRB por manutenção no G-4
Série B

100% em casa, Sport recebe o CRB por manutenção no G-4