Pela primeira vez em 25 anos não haverá um carioca ou paulista nas semifinais da Copa do Brasil

Os semifinalistas são Internacional, Atlético/MG, Cruzeiro e Grêmio

O goleiro do Atlético, Victor, defendeu duas cobranças na disputa de pênaltisO goleiro do Atlético, Victor, defendeu duas cobranças na disputa de pênaltis - Foto: Divulgação/Atlético/MG

Na última quarta-feira (19), foram realizadas as partidas voltas das quartas de final da Copa do Brasil. Corinthians, Palmeiras e Santos foram eliminados por Cruzeiro, Grêmio e Internacional, respectivamente, e o Atlético/MG bateu o Juventude nos pênaltis. Assim, as partidas da próxima fase serão entre Internacional x Atlético/MG e Cruzeiro x Grêmio. Com isso, será a primeira vez em 25 anos que não haverá pelo menos um carioca ou paulista nas semifinais da competição.

A última e única vez que isso aconteceu foi em 1991, na terceira edição da Copa do Brasil. As semifinais foram compostas por Remo x Criciúma e Coritiba x Grêmio. A final foi entre gaúchos e catarinenses e o Criciúma foi campeão.

Além disso, será a quinta vez na história que não haverá pelo menos um paulista ou carioca decisão. A primeira vez foi em 1991, depois em 1993. Naquele ano, a final foi entre Grêmio x Cruzeiro e os mineiros levantaram a taça. No ano seguinte, o feito voltou a se repetir. Grêmio e Ceará protagonizarão a decisão e os gaúchos foram os campeões. A última vez que isso ocorreu foi há dois anos atrás, em 2014. O clássico mineiro entre Atlético/MG x Cruzeiro fizeram aquela decisão e o Galo faturou a competição pela primeira vez.

A atual edição da Copa do Brasil terá clubes que já foram campeões da Copa do Brasil e um dos confrontos reúne oito títulos. Grêmio e Cruzeiro são os maiores levantadores de troféus da história da competição com quatro conquistas, cada. Os mineiros foram em 1993, 1996, 200 e 2003 e os gaúchos em 1989, 1994, 1997 e 2001. O Internacional faturou uma vez, em 1992, assim como o Atlético/MG, em 2014.

O estado que mais levantou a Copa do Brasil foi São Paulo, como nove conquistas. Em seguida está o Rio Grande do Sul com seis. Rio de Janeiro e Belo Horizonte possuem cinco conquistas, cada. Com um troféu estão Santa Catarina e Pernambuco.

PERNAMBUCANOS EM SEMIFINAIS
Náutico e Sport foram os clubes de Pernambuco que participaram de semifinais de Copa da Brasil. Os rubro-negros estiveram em quatro ocasiões. Foi eliminado em três vezes por Goiás (1989), Fluminense (1992) e Flamengo (2003) e passou para a final em 2008 ao bater o Vasco. O Timbu foi apenas uma vez, em 1990, e vencido pelo Flamengo. 

CLUBES SEMIFINALISTAS DA COPA DO BRASIL
1989 - Goiás, Sport, Flamengo e Grêmio
1990 - Criciúma, Goiás, Flamengo e Náutico
1991 - Remo, Criciúma, Coritba e Grêmio
1992 - Fluminense, Sport, Palmeiras e Internacional
1993 - Cruzeiro, Vasco, Flamengo e Grêmio
1994 - Vasco, Grêmio, Ceará e Linhares/ES
1995 - Flamengo, Grêmio, Vasco e Corinthians
1996 - Flamengo, Cruzeiro, Palmeiras e Grêmio
1997 - Flamengo, Palmeiras, Corinthians e Grêmio
1998 - Palmeiras, Santos, Cruzeiro e Vasco
1999 - Palmeiras, Botafogo, Juventude e Internacional
2000 - Cruzeiro, Santos, São Paulo e Atlético/MG
2001 - Grêmio, Coritiba, Ponte Preta e Corinthians
2002 - Atlético/MG, Brasiliense, São Paulo e Corinthians
2003 - Sport, Flamengo, Goiás e Cruzeiro
2004 - Santo André, 15 de Novembro/RS, Flamengo e Vitória/BA
2005 - Fluminense, Ceará, Paulista e Cruzeiro
2006 - Ipatinga/MG, Flamengo, Fluminense e Vasco
2007 - Fluminense, Brasiliense, Figueirense e Botafogo
2008 - Botafogo, Corinthians, Sport e Vasco
2009 - Vasco, Corinthians, Coritiba e Internacional
2010 - Atlético/GO, Vitória, Grêmio e Vasco
2011 - Coritiba, Vitória, Vasco e Avaí
2012 - Grêmio, Palmeiras, São Paulo e Coritiba
2013 - Atlético/PR, Grêmio, Goiás e Flamengo
2014 - Cruzeiro, Santos, Flamengo e Atlético/MG
2015 - São Paulo, Santos, Fluminense e Palmeiras
2016 - Atlético/MG, Internacional, Cruzeiro e Grêmio

Veja também

Contemplado por Lei de Incentivo, Cesta dos Sonhos ganha maior amplitude
Basquete

Contemplado por Lei de Incentivo, Cesta dos Sonhos ganha maior amplitude

Andrés diz que o goleiro Cássio fica no Corinthians
Futebol

Andrés diz que o goleiro Cássio fica no Corinthians