Pia Sundhage estreia no comando da seleção nesta quinta

Treinadora sueca é atração do torneio amistoso que reúne Brasil, Argentina, Costa Rica e Chile, em São Paulo

Pia Sundhage comanda treino da seleção brasileira de futebol femininoPia Sundhage comanda treino da seleção brasileira de futebol feminino - Foto: Mauro Horita/CBF

A noite desta quinta-feira (29) marca o início de uma nova fase para o futebol feminino brasileiro, com a estreia da primeira treinadora estrangeira a comandar a equipe nacional. A sueca Pia Sundhage, anunciada no final de julho, é a segunda mulher a ocupar o cargo – a primeira foi Emily Lima. O compromisso inaugural dela como comandante do Brasil será em um torneio amistoso contra Chile, Costa Rica e Argentina, adversária desta quinta, às 21h30, no Pacaembu, em São Paulo.

A partida, que terá transmissão da TV Cultura e do SporTV, tem um quê a mais pelo fato de a seleção brasileira feminina não atuar em solo nacional há dois anos. O último jogo da equipe em casa foi em abril de 2017, quando goleou a Bolívia por 6x0, na Arena da Amazônia, em Manaus.

“É muito importante que as pessoas no Brasil tenham a chance de ver as jogadoras do País. Eu estou acostumada, tanto nos Estados Unidos quanto na Europa, a jogar dentro e fora de casa. Tomara que tenhamos uma grande torcida para aproveitar essa oportunidade”, disse a técnica Pia Sundhage, em entrevista coletiva concedida nesta quarta (28).

Leia também:
Pia anuncia primeira convocação da seleção feminina
Com missão de renovar seleção, Pia venceu com veteranas
Pia diz que aprenderá português para comandar Brasil


Pia assumiu a seleção brasileira após uma passagem contestada do técnico Vadão, que não teve um bom rendimento com a equipe na preparação para a Copa do Mundo da França, mas, mesmo assim, foi mantido no cargo para o torneio. Em sua estreia, a sueca apresenta algumas novidades no elenco, como Victoria e Milene, do Corinthians, e Yaya, de apenas 17 anos, jogadora do São Paulo. Já Marta, com uma lesão muscular de grau 2 no bíceps femoral da coxa esquerda, foi cortada.

Até os Jogos de Tóquio-2020, a seleção brasileira não terá torneios oficiais a disputar. Por causa disso, os amistosos serão uma constante nesse período, já que servirão como base principal para entrosar e dar ritmo de jogo a grupo. Entre as prioridades de Pia frente à seleção, está dar mais consistência à defesa e criar mais alternativas para o setor ofensivo chegar com maior facilidade à área adversária, como triangulações e jogadas ensaiadas com bola aérea. 

Formato
O torneio tem formato de disputa simples: quatro seleções jogam em duas semifinais, uma seguida da outra. As vencedoras passam para a decisão, que será no domingo (1º), às 13h. Quem perder jogará a disputa de terceiro lugar, no mesmo dia, às 10h30. A semifinal entre Costa Rica e Chile também acontece nesta quinta (29), às 19h, com transmissão do SporTV.


Veja também

Novo primeiro-ministro japonês se diz "decidido" a sediar Jogos Olímpicos apesar da pandemia
Jogos Olímpicos

Novo primeiro-ministro japonês se diz "decidido" a sediar Jogos Olímpicos apesar da pandemia

STJD nega pedido do Flamengo e mantém jogo contra o Palmeiras no domingo
Futebol

STJD nega pedido do Flamengo e mantém jogo contra o Palmeiras no domingo