Pilotos e escuderias homenageiam Senna no 23º ano de sua morte

No dia 1º de maio de 1994, Senna bateu na curva Tamburello, durante o GP de San Marino

Ayrton Senna pilotando uma LotusAyrton Senna pilotando uma Lotus - Foto: Reprodução/Formula 1

No dia em que se completa 23 anos da morte de Ayrton Senna, pilotos, equipes e pessoas envolvidas com automobilismo usaram as redes sociais para homenagear o brasileiro. No dia 1º de maio de 1994, Senna bateu na curva Tamburello, durante o GP de San Marino, e não resistiu aos ferimentos.

O piloto Felipe Massa e as escuderias McLaren e Williams, que tiveram Senna em seus carros, foram alguns dos que se manifestaram para lembrar do tricampeão mundial de Fórmula 1.

Time do coração de Senna, o Corinthians também se manifestou. "Há exatamente 23 anos, Ayrton Senna nos deixava. O piloto de coração corinthiano está eternamente em nossos corações", escreveu o clube em post no Twitter.

Veja também

Técnico do Real Madrid Zidane testa positivo para covid-19
Futebol Internacional

Técnico do Real Madrid Zidane testa positivo para covid-19

Burnley vence e encerra invencibilidade do Liverpool de 68 jogos em Anfield
Premier League

Burnley vence e encerra invencibilidade do Liverpool de 68 jogos em Anfield