Pirv tenta derrubar liminar que suspende prisão de Giba

Advogados da ex-mulher do brasileiro entraram com pedido para derrubar liminar que suspendeu cárcere de ex-atleta

Cristina Pirv e Giba, com os filhosCristina Pirv e Giba, com os filhos - Foto: Divulgação

A história envolvendo Giba e Cristina Pirv ganhou mais um capítulo na última segunda-feira (19). Os advogados da ex-mulher do brasileiro entraram com recurso na Justiça para derrubar a liminar que suspende a prisão de Giba, condenado inicialmente a 60 dias de cárcere por não pagar pensão alimentícia dos filhos.

Leia também:
Ex-esposa diz que Giba mentiu sobre processo de pensão
Giba diz pagar 'valor justo de pensão' e que faz o melhor pelos filhos
Giba tem prisão decretada por não pagar pensão alimentícia

O advogado de Pirv, Rodrigo Reis Silva, afirmou que entrou com o recurso por entender que as informações da liminar "estão de desacordo."

"Iremos levar para o plenário para que todos os desembargadores julguem, demora pouco mais. Acredito que até fim do mês deve ser julgado", afirmou a defesa da ex-mulher de Giba.

Mesmo confiante, o advogado afirmou que irá ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) caso o recurso seja negado. "Não dá para ficar tanto tempo sem pagar pensão. Por motivos técnicos, acredito na revisão."

O caso ganhou repercussão na última sexta-feira, quando foi revelado que em 9 de fevereiro o ex-jogador foi condenado a cumprir 60 dias de prisão por não pagar a pensão alimentícia de Nicoll e Patrick.

No entanto, a ordem sequer chegou a ser executada porque, antes de o mandado de prisão ser expedido, Giba conseguiu uma liminar para suspender a decisão até a realização de uma audiência em data ainda a ser marcada nas próximas semanas.

Veja também

Eliminatórias: Confira datas e horários das próximas rodadas
Eliminatórias da Copa

Confira datas e horários das próximas rodadas

Jair ganha opções dentro do elenco do Sport
Sport

Jair ganha opções dentro do elenco do Sport