Tragédia

Polícia abre inquérito para apurar causas de acidente com ônibus do Corinthians, em MG

Acidente aconteceu na madrugada do último domingo (20)

Acidente com ônibus que transportava torcedores do CorinthiansAcidente com ônibus que transportava torcedores do Corinthians - Foto: CBM-MG/Divulgação

A Polícia Civil de Minas Gerais instaurou um inquérito para investigar o que provocou o acidente com um ônibus que transportava torcedores do Corinthians, na rodovia Fernão Dias, na madrugada deste domingo. Das 43 pessoas que estavam no veículo, sete morreram no acidente.

A batida aconteceu no quilômetro 525 da Rodovia Fernão Dias, na altura de Brumadinho (MG). Ao todo, havia 43 passageiros no veículo, que voltava para São Paulo após o jogo entre Cruzeiro e Corinthians na noite de sábado (19).

De acordo com a Polícia Civil, "os envolvidos serão ouvidos nos próximos dias e nenhuma linha investigativa é descartada". Os investigadores aguardam a finalização dos laudos periciais para determinar a dinâmica dos fatos. O caso é investigado pela Delegacia de Brumadinho.

As informações iniciais, ainda sendo apuradas, indicam que o motorista perdeu o controle enquanto fazia uma curva, e então se chocou contra o talude (inclinação na lateral da estrada) e tombou. De acordo com o Corpo de Bombeiros, outras 10 pessoas ficaram presas às ferragens.

Pouco antes do acidente, o motorista teria gritado aos passageiros que havia perdido o freio do veículo, de acordo com o relato de testemunhas ao Corpo de Bombeiros durante o atendimento à ocorrência. A informação foi confirmada pela corporação ao GLOBO. Na sequência, o ônibus atingiu um barranco e capotou. A causa do acidente, no entanto, ainda será investigada.

Veja também

Com dois de Savinho, Girona vence Rayo Vallecano e retoma vice-liderança do Espanhol
Campeonato Espanhol

Com dois de Savinho, Girona vence Rayo Vallecano e retoma vice-liderança do Espanhol

Andy Murray ganha na estreia em Dubai e se torna 5º tenista com 500 vitórias em quadra dura
Tênis

Andy Murray ganha na estreia em Dubai e se torna 5º tenista com 500 vitórias em quadra dura